Eminência Parda

00:59 Junior Lopes 0 Comentários

Cardeal Richelieu
Retrato do Cardeal Richelieu, obra de Philippe de Champaigne (século XVII).

Eminência Parda

Qual a origem da expressão e seu significado hoje


A pedido da professora Aline Mara Afonso (Colégio Construindo o Saber), que trabalha o tema na disciplina de Língua Portuguesa



Depois do rei e do senhor cardeal, era o Sr. de Tréville o homem cujo nome talvez fosse mais freqüentemente pronunciado pelos militares e até pelos burgueses. É verdade que havia também Père Joseph, mas o nome deste último só era proferido baixinho, tão grande terror inspirava a Eminência Parda, como chamavam ao secretário do cardeal. (Os três mosqueteiros, Alexandre Dumas)
Ratzinger [futuro Bento XVI], eminência parda do pontificado de Wojtila [João Paulo II], tem dito que não há o que reformar no cristianismo. (O Papa e a História, SuperInteressante, 2005)
(...) Todo mundo acha que a eminência parda do governo de Lulinha Paz e Amor é o Zé Dirceu. Tem um amigo meu que não tem a menor dúvida: infla seus pulmões e brada em alto e bom som, para quem quiser e para quem não quiser ouvir: “O Lula é só um garoto-propaganda, que nem aquele das Casas Bahia. Quem manda mesmo é o Zé Dirceu” (Mario Guerreiro, em texto de 2004)

Os três trechos citados acima já nos dão uma dica do significado da expressão eminência parda, utilizada para se referir a uma pessoa com forte influência política, mas que age no anonimato. Segundo Mario Guerreiro (do último trecho citado no início da postagem), "é realmente aquele que mexe os pauzinhos e exerce o Poder, mas silenciosa e invisivelmente".

Pere Joseph
François Leclerc du Tremblay, o Pere Joseph ou Padre José.


A expressão tem origem  no século XVII, durante o reinado de Luís XIII na França. O cardeal Richelieu foi o principal ministro do rei Luís XIII e também homem de confiança. Por sua vez, Richelieu tinha o frade François Leclerc du Tremblay (também conhecido como Pére Joseph) como seu braço direito. Enquanto Tremblay influenciava discretamente o cardeal Richelieu, este mantinha sua influência sobre o rei.

Devido às vestimentas que utilizavam, ambos eram chamados de Eminência Parda e Eminência Vermelha, respectivamente Tremblay e Richelieu. De lá para cá, a expressão continuou a ser utilizada para fazer referência aqueles que governam sem 'mostrar as caras'
 

0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior