A execução de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes.

13:59 Junior Lopes 0 Comentários

Aqui tem uma imagem do Tiradentes

Você sabia que o feriado de hoje relembra uma execução ocorrida no final do século XVIII? 

21 de abril. 




Há 222 anos, em 21 de abril de 1792, era executado no Rio de Janeiro o alferes Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes, devido ao seu envolvimento no episódio da Inconfidência Mineira, de 1789.
Antes de ser 'promovido' à condição de herói pelos republicanos brasileiros do final do século XIX, Tiradentes foi executado por traição à Coroa Portuguesa em 1792. O motivo foi sua participação na Inconfidência Mineira, da qual foi, segundo os autos, o principal mandante.
A sentença imputada a Tiradentes determinava o seguinte:
“Portanto condemnam ao Réu Joaquim José da Silva Xavier por alcunha o Tiradentes Alferes que foi da tropa paga da Capitania de Minas a que com baraço e pregão seja conduzido pelas ruas públicas ao lugar da forca e nella morra morte natural para sempre, e que depois de morto lhe seja cortada a cabeça e levada a Villa Rica aonde em o lugar mais publico della será pregada, em um poste alto até que o tempo a consuma, e o seu corpo será dividido em quatro quartos, e pregados em postes, pelo caminho de minas no sitio da Varginha e das Sebolas aonde o Réu teve as suas infames praticas, e os mais nos sítios nos sítios (sic) de maiores povoações até que o tempo também os consuma; declaram o Réu infame, e seus filhos e netos tendo-os, e os seus bens applicam para o Fisco e Camara Real, e a casa em que vivia em Villa Rica será arrasada e salgada, para que nunca mais no chão se edifique, e não sendo propria será avaliada e paga a seu dono pelos bens confiscados, e no mesmo chão se leventará um padrão, pelo qual se conserve na memoria a infâmia abominavel Réu"
O documento que atesta o cumprimento da sentença tem o seguinte texto:
“Certifico que o Réu Joaquim da Silva Xavier foi levado ao lugar da forca levantada no Campo de são Domingos, e nela padeceu morte natural, e lhe foi cortada a cabeça, e o corpo dividido em quatro quartos; e de como assim passou a verdade lavrei a presente certidão, e dou minha fé, Rio de Janeiro, vinte e um de abril de mil setecentos e noventa e dois
Segundo o professor Nireu Oliveira Cavalcanti, da Universidade Federal Fluminense, ao contrário do que muitos pensam, Tiradentes não foi enforcado na atual praça Tiradentes, nem tampouco no local da atual escola Tiradentes, mas sim no subúrbio do Campo de São Domingo.
A advogada criminalista e coordenadora-adjunta do Departamento de Internet do IBCCRIM (Instituto Brasileiro de Ciências Criminais), Regina Cirino Alves Ferreira, faz uma análise do julgamento de Joaquim José da Silva Xavier na Revista Liberdades, na qual destaca, segundo a introdução do artigo, "a precariedade dos meios investigativos e a consequente utilização de métodos nada seguros para a perquirição; existência de inúmeras modalidades penais, todas mal definidas; admissão de tormentos e indícios como prova; predomínio de penas cruéis e desproporcionais, tendo como modalidade favorita a pena capital". Para acessar o texto completo no site do IBCCRIM, clique aqui.







0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior