Maquete: Miniatura da Esfinge de Gizé

23:58 Junior Lopes 3 Comentários

Esfinge de Gizé, Egito

A Esfinge de Gizé, no Egito

Miniatura que pode ser utilizada em maquetes ou como recordação do conteúdo estudado


Colégio Construindo o Saber


Nível de dificuldade para montar a esfinge: Difícil, muito difícil.... #%#@&*!



Nossa, esse deu trabalho. Tanto é que desisti de pedir como atividade para meus alunos, passando a ser uma atividade extra.
Pode até ser que outras pessoas achem fácil montar a esfinge (deixe seu comentário descrevendo o que achou) mas para mim... Bom, vamos lá...
Primeiramente, assim como na pirâmide de Quéops (clique aqui para acessar a postagem da pirâmide), você precisará de 3 folhas de papel vergê para o molde da esfinge e duas folhas de papel sulfite para as regras.
Aviso: eu tentei imprimir no sulfite e colar um papel mais grosso atrás (capa de apostila velha), mas não deu certo, pois ficou muito difícil para dobrar, montar e colar. Outro problema que enfrentei, é que meus dedos são muito grandes para fazer os pequenos detalhes da esfinge. Também acho melhor utilizar cola bastão, eu utilizei cola líquida comum e virou uma meleca. Tudo bem que meus dotes artísticos podem ser classificados como... ZERO!
Clique aqui ou na imagem abaixo para baixar o arquivo pdf para impressão.



Depois de impresso, basta recortar tudo com muito cuidado, e seguir as instruções das duas primeiras páginas, que estão em inglês mas sem segredos.

O resultado da minha esfinge foi esse logo abaixo. Já o resultado do trabalho dos alunos, como foi opcional, quando estiver pronto colocarei aqui nesta postagem.









3 comentários:

  1. Oi tio junior eu achei que a s piramides foram muito legal de fazer e dificil

    ResponderExcluir
  2. Oi o rua pirâmide foi muito legal e no mesmo tempo difícil

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior