Como foram feitas as maquetes do 7º ano sobre os feudos



maquete feudalismo



Muitos e-mails chegaram perguntando como foram feitas as maquetes do 7º ano (clique aqui para ver a postagem). Na verdade o objetivo era deixar que os alunos desenvolvessem seus próprios projetos, sem interferência criativa do professor. Sendo assim, durante o primeiro bimestre vimos como se desenvolveu a, segundo a divisão clássica da História, Idade Média Ocidental. Neste contexto focamos o feudalismo e, claro, as relações sociais. Quando passamos a estudar os mansos senhorial, servil e comunal, a curiosidade dos alunos sobre esses territórios foi aguçada. Depois de passar informações aos alunos (na verdade eles poderiam ter feito essa pesquisa, mas é que tudo aconteceu muito rápido) sobre como eram os feudos, com base, principalmente em dois livros (A bolsa e a vida, Jacques Le Goff; A idade média, a cavalaria e as cruzadas, Ivan Lins - este último é bem velhinho) e em um texto mais acessível aos alunos, do site da Editora Abril, Mundo Estranho, passamos a pesquisar imagens de feudos e outras maquetes na internet. A partir daí, foi solicitado, em um primeiro momento, que os alunos trouxessem materiais recicláveis para a confecção das maquetes (papelão, papel picotado, caixas de remédio, de creme dental, de perfumes, de sapatos, de camisas, etc). Usamos duas aulas para que as ideias começassem a fluir, sempre deixando que os alunos analisassem qual seria a melhor maneira de confeccionar as maquetes, depois eles terminaram de fazer em casa. O resultado foi muito satisfatório, como vocês podem conferir nas fotos.
****Postagem programada

Comentários

  1. Respostas
    1. Olá!
      Tinha um castelo que já era pronto, os outros foram feitos com caixas de remédios, doces e rolos de papelão.

      Dê uma olhada nos comentários desta postagem: http://www.professorjunioronline.com/2012/03/maquetes-feudos-7-ano.html


      Abraço!

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Conteúdo Correspondente (inclui anúncios)