Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Todas as bandeiras da Copa do Mundo Qatar 2022 para download

TODAS AS BANDEIRAS DOS PAÍSES PARTICIPANTES DA COPA DO QATAR BANDEIRAS EM ALTA RESOLUÇÃO DE TODOS OS PAÍSES PARTICIPANTES DA COPA DO MUNDO FIFA DE FUTEBOL NO QATAR EM 2022 ARQUIVOS PARA DOWNLOAD Fifa World Cup Qatar 2022

ENEM pode ajudar a obter bolsa de estudos no exterior

Programa Ciência sem Fronteiras
Com o Programa Ciência sem Fronteiras, um bom resultado no ENEM pode ajudar a obter bolsa de estudos no exterior

Bolsa de estudos no exterior

Alunos com nota acima de 600 no ENEM podem participar do Programa

O Programa Ciência sem Fronteiras é uma iniciativa do Governo Federal que tem o objetivo de incentivar o intercâmbio internacional em ciência e tecnologia. A meta inicial do Programa é distribuir, até 2015, 75.000 bolsas ofertadas pelo Governo Federal e mais 26.000 da iniciativa privada, totalizando 101.000 bolsas em diversas modalidades.

Para participar do Programa Ciência sem Fronteiras o candidato deve estar matriculado em instituição de ensino superior em cursos previstos nas áreas prioritárias do Programa (veja abaixo); ter nota mínima de classificação do ENEM de 600 pontos; ter bom desempenho acadêmico e ter concluído 20% do currículo previsto para o curso de graduação.
Terão preferência os candidatos que foram premiados em olimpíadas científicas no Brasil ou no exterior e que tenham usufruido bolsas so CNPq e da CAPES.
As bolsas terão duração de 12 meses, podendo chegar a 15 meses se incluir curso de idiomas. Os benefícios para os bolsistas são mensalidade de bolsa, auxílio-instalação, passagens aéreas, seguro saúde.

Confira quais são as Áreas Prioritárias:
  • Engenharias e demais áreas tecnológicas;
  • Ciências Exatas e da Terra;
  • Energias Renováveis;   
  • Tecnologia Mineral;
  • Formação de Tecnólogos;    
  • Biotecnologia;
  • Petróleo, Gás e Carvão Mineral;    
  • Nanotecnologia e Novos Materiais;
  • Produção Agrícola Sustentável;    
  • Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais;
  • Fármacos;    
  • Biodiversidade e Bioprospecção;
  • Tecnologia Aeroespacial;    
  • Ciências do Mar;
  • Computação e Tecnologias da Informação;    
  • Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação);
  • Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva;    
  • Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde.

Comentários

Conteúdo Correspondente