Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

50 Questões para Torta na Cara

Torta na Cara - 8º ano Geografia + Conhecimentos Gerais Perguntas que foram utilizadas para o Torta na Cara de Geografia do Ensino Fundamental.

Prova de Geografia - 8º ano - 1º bimestre - com gabarito

Polos - www.professorjunioronline.com


Prova de Geografia - 8º ano - 1º bimestre

Prova para download e gabarito


Transcrição da prova logo abaixo. Gabarito e prova para download após a transcrição.

1. Para começarmos a estudar as regiões extremas do nosso planeta, relembramos alguns conhecimentos básicos de Geografia. Vamos aproveitar para exercitar esse conhecimento: Observe a Rosa dos ventos e faça o que se pede:
*** Rosa dos Ventos disponível na prova para download
a) Indique os pontos cardeais na Rosa dos ventos. (0,4) 
b) Indique os pontos colaterais na Rosa dos ventos. (0,4) 
c) Qual ponto cardeal indica a direção Setentrional? (0,2) 
d) Qual ponto cardeal indica a direção Meridional? (0,2) 
e) Qual ponto cardeal indica a direção Oriental? (0,2)
f) Qual ponto cardeal indica a direção Ocidental? (0,2)
g) Quais são os três grandes oceanos do nosso planeta (0,3)?
h) Quais são os continentes do nosso planeta? (0,3) 
i) Qual dos continentes que você citou acima é o único a não ter nenhum habitante humano. (0,2) 

Agora vamos começar a exercitar os conhecimentos sobre as zonas polares da Terra… 
2. Defina o que é a Antártida e dê a sua localização no nosso planeta. (0,5)

3. Relacione as colunas abaixo com os termos que conhecemos ao estudar o continente antártico. (0,5) 
(1) Inlandsis 
(2) Banquisas 
(3) Monte Vinson 
(4) Transantártica 
(5) Krill 
( ) Ponto culminante do continente antártico, localizado na sua parte setentrional. 
( ) Calota de gelo que cobre o continente antártico, chegando a atingir 2 mil metros. 
( ) Cordilheira localizada no limite entre os setores oriental e ocidental do continente antártico. 
( ) Grandes blocos de gelo originados do congelamento da água salgada. 
( ) Espécie de crustáceo encontrado com abundância na Antártida e que é parte essencial da cadeia alimentar da região. 

4. Defina o que é o Ártico e dê a sua localização no nosso planeta. (0,5) 

5. Caracterize a população que habita o Ártico e sua situação atual. (0,6) 

6. Leia atentamente o texto e responda o que se pede: 
Quatro dias na Antártida – O Brasil que vive no frio Por Daniela Chiaretti | Das ilhas Shetlands do Sul
Passou das 21 horas e faz frio. A luz azulada confere um tom estranho à Península Keller – ainda não é noite nessa baía de mar silencioso e montanhas sem vegetação. Há neve, gelo e ossadas de baleia à esquerda. Há neve, gelo e um poste com uma lanterna romântica à direita (…) Esta é a ilha Rei George, no arquipélago das Shetlands do Sul, Antártida. É a localização da Estação Antártica Comandante Ferraz, a EACF, base científica que o Brasil possui desde 1984 em uma praia que serviu a baleeiros ingleses no passado. (…) [Poucos humanos chegam até aqui]. Há militares ou pesquisadores (…). Eventualmente há jornalistas e políticos. Turistas, só os de muito dinheiro. As paisagens de muitos tons de cinza e branco seduzem pela curiosidade e pela aventura. É uma das áreas mais desconhecidas do planeta. Quando se trata de Antártida, somos muito ignorantes. A maior confusão vem com a outra região polar, o Ártico. Aquilo é um oceano gelado com algumas regiões de terra, isto aqui é um continente que dá uns Estados Unidos e meio. “A palavra Antártica significa “oposto ao Ártico”, lê-se no livro do escritor chileno Francisco Coloane. No Ártico há povos indígenas, na Antártida só há pinguins (e eles, é bom que se diga, só encontram ursos polares no zoológico). No Ártico a exploração de recursos naturais avança no mesmo ritmo em que o gelo derrete. Na Antártida, uma moratória limita as atividades humanas à pesquisa e ao turismo. Entre as similaridades, há um fenômeno sombrio coincidente. Ártico e Antártida têm ecossistemas frágeis e são regiões que vêm sofrendo intensamente com o aquecimento da Terra. Em Ferraz, agora à noite, está zero grau, mas a sensação térmica é de dez negativos. Um grupo vestindo macacões escuros e botas pesadas aguarda o bote de borracha na margem. O comandante Paulo Cesar Galdino de Souza é o chefe da estação e comanda as boas-vindas aos que desembarcam às vésperas do Carnaval, mesmo se apenas por uma hora, antes de pernoitar no navio. Não há muito como dormir ali. Apertos de mão são desconfortáveis com luvas tão recheadas. Sem proteção, os dedos gelam. E essa é a costa, a Antártida marítima, onde faz menos frio e é fevereiro, o mês mais quente nessa parte do mundo. Imagine-se o que acontece no continente, onde as médias da temperatura oscilam entre -25º C e -45º C. Há abraços comovidos na praia. É o primeiro encontro entre alguns pesquisadores e militares depois do acidente que arrasou quase todo esse cenário há um ano. Ninguém gosta de falar a respeito. Na madrugada de 25 de fevereiro de 2012, um incêndio na praça das máquinas destruiu 80% da estação brasileira, levou boa parte dos 28 anos que o Brasil tinha de história na Antártida e matou dois militares que tentaram combater as chamas (…). O vento soprava forte na direção do fogo e alimentou o acidente. A energia acabou. Não havia como bombear água dos dois lagos próximos ou derreter o gelo. Civis e militares tentaram em vão salvar Ferraz. Na manhã seguinte 45 pessoas foram resgatadas por todos os colegas de países que estavam na área. (…) A Antártida é, por legislação internacional, um território para pesquisas. As normas legais do Sistema do Tratado Antártico, do qual o Brasil é signatário, definem regras que devem ser seguidas à risca pelos países que atuam no continente. Não pode haver atividade militar; testes nucleares nem pensar. Os programas científicos têm que ser contínuos para os países que querem ter direito a voto. Técnicos de um país podem inspecionar o que acontece na estação vizinha e vice-versa, para garantir a proteção ambiental do continente. A exploração econômica de recursos naturais está suspensa até 2048. Não se pode deixar lixo algum na região. Quem contamina tem que limpar o dano. (…) 
a) Somente com base no texto que você leu, quais as diferenças e semelhanças entre a Antártida e o Ártico? (0,5) 
b) Segundo o texto, como o Tratado Antártico protege o continente gelado? (0,5) 
c) O que é a Estação Antártica Comandante Ferraz? (0,5) 
 



Clique aqui para fazer o download da prova no Dropbox.
Quer armazenar seus arquivos 'nas nuvens', no Dropbox? Basta clicar aqui.

Quer outras provas de Geografia? Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


-------------------------------

-------------------------------


Gabarito:

Exercício 1:
a) e b)
Gabarito 1a e 1b.

c) Norte

d) Sul

e) Leste

f) Oeste

g) Pacífico, Atlântico e Índico

h) Ásia, América, África, Antártida, Europa e Oceania

Exercício 2:
A Antártida é um continente localizado na área meridional do nosso planeta, seus limites pouco ultrapassam o Círculo Polar Antártico. Possui temperaturas extremamente baixas e é totalmente despovoado. A vegetação é praticamente inexistente, ocorrendo raras ocorrências de algumas espécies de musgos e liquens.

Exercício 3
(3)
(1)
(4)
(2)
(5)

Exercício 4:
É a região polar localizada na região polar setentrional do nosso planeta, localizada aproximadamente entre o Círculo Polar Ártico e 90º de latitude Norte, abrangendo grande quantidade de ilhas e terras dos continentes americano, europeu e asiático.

Exercício 5:
A população do Ártico é formada por descendentes dos povos nativos, conhecidos como inuites, que habitam o estreito de Bering e a Groenlândia; os lapões, que ocupam o norte da Escandinávia; os samoiedos, da planície Siberiana, na Ásia. Apesar de parte dessa população ainda depender de práticas tradicionais para sobreviver, muitos deles já sofreram a influência de outros povos, ocasionando perda de seus hábitos tradicionais, dando lugar aos hábitos típicos das sociedades atuais, com envolvimento com a tecnologia e os confortos que ela oferece.

Exercício 6:
a) Resposta pessoal, com base, principalmente, nos parágrafos:
"[Poucos humanos chegam até aqui]. Há militares ou pesquisadores (…). Eventualmente há jornalistas e políticos. Turistas, só os de muito dinheiro. As paisagens de muitos tons de cinza e branco seduzem pela curiosidade e pela aventura. É uma das áreas mais desconhecidas do planeta. Quando se trata de Antártida, somos muito ignorantes.
A maior confusão vem com a outra região polar, o Ártico. Aquilo é um oceano gelado com algumas regiões de terra, isto aqui é um continente que dá uns Estados Unidos e meio. “A palavra Antártica significa “oposto ao Ártico”, lê-se no livro do escritor chileno Francisco Coloane. No Ártico há povos indígenas, na Antártida só há pinguins (e eles, é bom que se diga, só encontram ursos polares no zoológico). No Ártico a exploração de recursos naturais avança no mesmo ritmo em que o gelo derrete. Na Antártida, uma moratória limita as atividades humanas à pesquisa e ao turismo. Entre as similaridades, há um fenômeno sombrio coincidente. Ártico e Antártida têm ecossistemas frágeis e são regiões que vêm sofrendo intensamente com o aquecimento da Terra."
b) Resposta pessoal, com base, principalmente, no parágrafo:
"A Antártida é, por legislação internacional, um território para pesquisas. As normas legais do Sistema do Tratado Antártico, do qual o Brasil é signatário, definem regras que devem ser seguidas à risca pelos países que atuam no continente. Não pode haver atividade militar; testes nucleares nem pensar. Os programas científicos têm que ser contínuos para os países que querem ter direito a voto. Técnicos de um país podem inspecionar o que acontece na estação vizinha e vice-versa, para garantir a proteção ambiental do continente. A exploração econômica de recursos naturais está suspensa até 2048. Não se pode deixar lixo algum na região. Quem contamina tem que limpar o dano."
c) Resposta pessoal, com base nas informações do texto.



Quer outras provas de Geografia? Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


 

Atualizado em abril/2022

Comentários

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Conteúdo Correspondente