Prova de História - 2º ano Ensino Médio - 1º Bimestre 2018

17:00 Junior Lopes 0 Comentários

Prova de História - 2º ano - 1º bimestre - Ensino Médio - www.professorjunioronline.com

Prova de História - 2º Ano

1º bimestre/2018


Colégio Construindo o Saber


Clique aqui para baixar o arquivo da prova em pdf.
Clique aqui para baixar o arquivo da prova em arquivo editável do Word.





Confira o gabarito da prova:

Questão 1:
a) As bandeiras de apresamento ocorreram devido ao desenvolvimento agrícola, sendo necessária uma maior oferta de mão de obra. Embora a Coroa Portuguesa, em conformidade com a lógica do mercantilismo, impusesse o uso de escravos africanos na colônia a fim de estimular o tráfico negreiro, para o colono era mais vantajoso o uso de escravos indígenas. A mão de obra escrava indígena só foi substituída pela africana nas regiões ricas no século XVII. Nas regiões pobres, continuou sendo usada por todo o período escravista.

b) Pode-se citar como processos históricos decorrentes das Expedições de Apresamento:
– a dizimação da população indígena devido à escravização;
– a perda da identidade cultural dos índios;
– a retirada dos jesuítas, que eram espanhóis, das regiões que seriam ocupadas por portugueses posteriormente;
– a expansão territorial da colônia portuguesa na América para além da Linha de Tordesilhas.

c) Os jesuítas tinham como objetivo maior a catequização dos indígenas, enquanto as bandeiras de apresamento visavam obter lucros com a venda dos escravos indígenas para as regiões açucareiras. Tanto as Missões jesuíticas quanto as bandeiras de apresamento utilizaram o índio como mão de obra.

Questão 2:
[B]


Questão 3:
[E]


Questão 4:
[E]


Questão 5:
[D]



Questão 6:
[D]


Questão 7:
[C]


Questão 8:
[A]











0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!