Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prova de História - 7º ano - com gabarito - Recuperação 3º bim/2022

Prova de História - 7º ano - com gabarito - Recuperação 3º bim/2022 

Prova de História - 3º Ano Ensino Médio - 1º bimestre - com gabarito

Prova de História - 3º ano - Ensino Médio - professorjunioronline.com



PROVA DE HISTÓRIA

3º ANO - ENSINO MÉDIO
1º BIMESTRE/2022
COM GABARITO




Prova de História - 3º ano - Ensino Médio - 1º bimestre - Com Gabarito.
Conteúdo da prova: Pré-História; Antiguidade Oriental. Transcrição da prova abaixo. Prova para download e Gabarito das objetivas após a transcrição.



1

  

 

 1,5 1. (Ueg) Grande parte da presença humana na Terra é explicada pelos historiadores tendo como referência o termo “pré-história”. Sobre esse período, explique o significado da revolução neolítica e discorra sobre as limitações conceituais do termo “pré-história”.


0,5 2. (UDESC) “Quem construiu Tebas, a das sete portas? Nos livros vem o nome dos reis, mas foram os reis que transportaram as pedras? Babilônia, tantas vezes destruída, quem outras tantas a reconstruiu? Em que casas da Lima Dourada moravam seus obreiros?” (Perguntas de um operário que lê. Bertold Brecht)

Heródoto de Halicarnasso, nascido no século V a.C., é comumente conhecido como “o Pai da História”. De acordo com o historiador François Hartog, Heródoto interessava-se, entre outras questões, pelas maravilhas e pelos monumentos considerados, muitas vezes, expressões da influência divina.

Considerando os questionamentos de Bertold Brecht, assinale a alternativa que contém a melhor interpretação para a frase de Heródoto: “O Egito é uma dádiva do Nilo”.

a) Atribui apenas à presença do Nilo o desenvolvimento do Egito, porém não considera a importância da presença humana, do trabalho empreendido na utilização do rio e dos benefícios naturais para o desenvolvimento da região.

b) Representa um anacronismo pois, no século V a.C., quando proferida, o Egito era ainda colônia do grande Império Bizantino.

c) Permite constatar o desconhecimento de Heródoto no que diz respeito à Geografia, uma vez que os rios que atravessam o território egípcio são Tigre e Eufrates.

d) Representa a profunda religiosidade do povo egípcio, o qual atribuía ao deus Nilo o desenvolvimento do Império, à época, no período pré-dinástico.

e) Atribui centralidade às ações do imperador Nilo que, entre os séculos VI a.C. e V a.C., administrou o processo de expansão territorial do Império Egípcio, sem, todavia, ressaltar a participação dos soldados que lutavam sob o comando do imperador.

0,5 3. (UCS – RS) “O Código Hamurabi, um bloco de pedras com 2,25 metros de altura, encontra-se hoje no Museu do Louvre, em Paris. Dos muitos artigos de lei nele gravados, cerca de 250 já foram decifrados. Com isso, informações sobre a sociedade mesopotâmica puderam ser reveladas.” (FIGUEIRA, D. História. São Paulo: Ática, 2003, p. 26).

Analise, quanto à sua veracidade (V) ou falsidade (F), as afirmativas abaixo sobre a sociedade mesopotâmica e o seu código de leis:

( ) A chamada Lei de Talião (talionis, em latim, significa “tal” ou “igual”) apareceu pela primeira vez no Código de Hamurabi. Ela pregava o princípio do “olho por olho, dente por dente”, ou seja, ao infrator aplicava-se um castigo proporcional ao dano causado.

( ) O Código de Hamurabi trata dos mais variados assuntos relativos à vida cotidiana. Abrange, entre outros temas, a regulamentação e o exercício das profissões, fixando a remuneração dos trabalhadores e as normas a respeito do casamento, da assistência às viúvas, aos órfãos, aos pobres, garantindo igualdade aos habitantes do reino babilônico.

( ) Na maioria das sociedades atuais, a Lei de Talião não é mais aplicada. No entanto, há países do Oriente Médio em que ainda se paga olho por olho, literalmente. Na Arábia Saudita, no Iêmen e em alguns dos Emirados Árabes, ladrões têm as mãos cortadas.

 Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo:

a) V – F – V                  b) V – V – V                 c) F – V – F                  d) F – F – V                  e) F – F – F

 

0,5 4. (UPE) Entre os povos que se destacaram na Antigüidade Oriental, os hebreus são considerados os únicos que sobreviveram ao desmoronamento de milenares impérios da história da humanidade.

Sobre a sociedade hebraica na época antiga, é incorreto afirmar que:

a) Havia escravidão, porém o escravo poderia alcançar sua liberdade, caso o patrão, castigando-o, inutilizasse seu olho ou the arrancasse um dente.

b) Durante o govemo de Salomão, o reino conheceu seu apogeu, transformando-se numa das grandes monarquias orientais, empreendendo, inclusive, a construção do Templo de Jerusalém.

c) Durante muitos séculos, utilizou a língua hebraica, mas a substituiu pelo aramaico, língua semita do ramo ocidental, tomada oficialmente na época do domínio persa.

d) Houve a presença de mulheres como dirigentes militares na época dos Juízes, cuja autoridade era fundamentada na ideologia religiosa.

e) É no Antigo Testamento que se encontra sua história, especialmente a fase da escravidão no Egito, narrada pelos livros dos Números e do Deuteronômio.

 

0,5 5. (PUC-SP) “Após chegarem, descarregam as mercadorias, dispondo-as em ordem na praia, e depois voltam às suas embarcações e fazem sinais de fumaça. Os nativos veem a fumaça e, aproximando-se do mar, colocam ao lado das mercadorias o ouro que oferecem em troca, retirando-se a seguir. Os fenícios retornam e examinam o que os nativos deixaram. Se julgarem que a quantidade do ouro corresponde ao valor das mercadorias, tomam-no e partem, do contrário regressam aos navios e aguardam.”  (Heródoto. História. Brasília: UnB, 1988, p. 274. Adaptado).

 A partir do texto de Heródoto (século V a.C.) e de seus conhecimentos, é correto afirmar que a atividade dos fenícios

a) Contribuiu decisivamente para a vitória de Esparta na Guerra do Peloponeso, ao garantir o abastecimento da cidade grega.

b) Consistia prioritariamente no comércio, realizado através dos mares e, especialmente, na região mediterrânica.

c) Dependia do aparato militar que acompanhava os comerciantes e impedia a realização de saques e ataques de piratas.

d) Permitiu o desenvolvimento de poderosa indústria náutica, depois utilizada para derrotar os romanos nas Guerras Púnicas.

1,5 6. Existem grandes semelhanças entre a civilização egípcia e a mesopotâmica. Porém há diferenças a serem consideradas. Cite e explique a diferença entre esses povos no que diz respeito aos aspectos político, hidrográfico, e à localização geográfica no contato com outros povos.

 

0,5 7. (UFRN) Na Antiguidade durante o reinado de Ciro I (559-529 a. C.), os persas construíram um vasto império e governaram diferentes povos, adotando uma política que respeitava as diferenças culturais e religiosas. Esse modo de proceder está exemplificado no fato de

a) Libertarem os judeus cativos na Babilônia, que retornaram à Palestina e reconstruíram o templo de Salomão e o culto a Iavé.

b) Arregimentarem entre os caldeus, após a conquista da Babilônia, os sátrapas, administradores encarregados das províncias imperiais.

c) Incorporarem a cultura sumeriana, especialmente os registros da nova língua semítica em caracteres cuneiformes.

d) Difundirem no Egito o culto de Ahura-Mazda, que, integrando-se às idéias religiosas egípcias, deu origem ao maniqueísmo.

 

0,5 8. (Fuvest) A partir do III milênio a. C. desenvolveram-se, nos vales dos grandes rios do Oriente Próximo, como o Nilo, o Tigre e o Eufrates, estados teocráticos, fortemente organizados e centralizados e com extensa burocracia. Uma explicação para seu surgimento é

a) A revolta dos camponeses e a insurreição dos artesãos nas cidades, que só puderam ser contidas pela imposição dos governos autoritários.

b) A introdução de instrumentos de ferro e a conseqüente revolução tecnológica, que transformou a agricultura dos vales e levou à centralização do poder.

c) A influência das grandes civilizações do Extremo Oriente, que chegou ao Oriente Próximo através das caravanas de seda.

d) A expansão das religiões monoteístas, que fundamentavam o caráter divino da realeza e o poder absoluto do monarca.

e) A necessidade de coordenar o trabalho de grandes contingentes humanos, para realizar obras de irrigação.

 

 

Clique nos links abaixo e confira no site da Amazon opções de livros sobre o assunto abordado nesta prova:

Pré-História (Chris Gosden)

A Pré-História - Coleção Desafios (Rosicler Martins Rodrigues)

As Primeiras Civilizações (Jaime Pinsky)

As Primeiras Civilizações: da Idade da Pedra aos Povos Semitas (Pierre Lévêque)



Clique aqui para fazer o download da prova de História - 3º ano - Ensino Médio - 1º bimestre no formato Word.

Clique aqui para fazer o download da prova de História - 3º ano - Ensino Médio - 1º bimestre no formato pdf.


GABARITO das objetivas

1. A

3. A

4. E

5. B

7. A

8. E

 


Comentários

Conteúdo Correspondente