Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Todas as bandeiras da Copa do Mundo Qatar 2022 para download

TODAS AS BANDEIRAS DOS PAÍSES PARTICIPANTES DA COPA DO QATAR BANDEIRAS EM ALTA RESOLUÇÃO DE TODOS OS PAÍSES PARTICIPANTES DA COPA DO MUNDO FIFA DE FUTEBOL NO QATAR EM 2022 ARQUIVOS PARA DOWNLOAD Fifa World Cup Qatar 2022

Prova de História - 7º Ano - 2º bimestre - com gabarito

Formação das monarquias nacionais - www.professorjunioronline.com

Prova de História - 7º Ano - 2º bimestre

Prova de História com gabarito e versão para responder online


Prova de História - 7º ano - 2º bimestre - Com Gabarito.
Conteúdo da prova: Formação das monarquias nacionais. Esta prova tem também uma versão online, disponível logo abaixo. A transcrição da prova está logo após a prova online e a prova para download após a transcrição. 


PROVA ON-LINE 


-------------------------------

-------------------------------


TRANSCRIÇÃO DA PROVA


1. Assinale (V)erdadeiro ou (F)also para as informações abaixo, que foram retiradas da sua apostila, relacionadas à formação dos Estados Nacionais. (1,0)

As Monarquias Nacionais foram desenvolvidas ao longo da Idade Moderna, período no qual muitas sociedades europeias adotaram esse sistema político.

A sociedade feudal no decorrer do século XIV sofreu uma grave crise. Colheitas ruins, guerras e mudanças climáticas resultaram em escassez de alimentos e declínio demográfico; os preços dos alimentos subiam, houve aumento da miséria e estímulo à formação de bandos armados extremamente violentos.

Os Estados nacionais formavam seus exércitos profissionais, numerosos, bem treinados e equipados com tecnologias letais, como os canhões e a pólvora, além dos cavalos de guerra e das novas técnicas de cerco a cidades. Tudo isso financiado pelos nobres que estavam se fortalecendo no período.

As guerras voltaram a marcar a Europa Ocidental, após um período de relativa paz, que marcou boa parte da Baixa Idade Média.

Desnutrição, falta de higiene da população, constantes epidemias deram espaço a uma das doenças mais conhecidas naquele período em grande parte do continente europeu: a gripe espanhola, apenas superada pela Covid-19.

Com a falta de alimentos, o declínio da atividade artesanal e a redução do comércio, devido à diminuição do número de pessoas, as classes populares ficaram cada vez mais pobres e isso afetou a relação entre senhores feudais e servos.

Para conter as revoltas populares, cada localidade elegeu uma autoridade centralizada, fortalecendo o poder do senhor feudal e reorganizando as bases produtivas.

Com a centralização do poder monárquico, após enfrentamentos com a nobreza feudal, havia maior facilidade para organizar um exército capaz de conter os camponeses.

Os primeiros Estados monárquicos a se formarem foram Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Alemanha e Itália.

À medida que cada reino procurava delimitar seu território, os conflitos entre eles eram cada vez mais frequentes. Para consolidarem suas expansões, evitando guerras quando possível, os reis e príncipes nomeavam embaixadores responsáveis pela manutenção das relações diplomáticas e também buscava-se estimular a expansão territorial por meio de alianças matrimoniais entre os descendentes reais.


2. Assinale a alternativa que não indica uma das características das monarquias nacionais. (0,5)
a) a definição de um idioma nacional único.
b) a organização de um sistema burocrático centralizado encarregado de cuidar dos impostos cobrados pelo rei para as despesas públicas.
c) a formação de uma burocracia administrativa com funcionários que tinham a função de tomar conta da administração pública.
d) a elaboração de uma legislação única, responsável pela justiça e manutenção da ordem.
e) a estruturação de exércitos profissionais controlados pelos nobres feudais com o objetivo de defender as fronteiras do território.

3. A Guerra dos Cem Anos (1337 - 1453), entre franceses e ingleses, teve como consequências principais: (0,5)
a) a vitória inglesa e a incorporação de parte do território francês pela Inglaterra.
b) a vitória francesa e a incorporação de parte do território inglês pela França.
c) a vitória inglesa e o enfraquecimento das monarquias francesa e inglesa.
d) a vitória francesa e o fortalecimento das monarquias inglesa e francesa.
e) a aliança entre ingleses e franceses formando um único reino.

4. A guerra dos Cem Anos (1337-1453) tumultuou a vida política da Europa. Essa guerra: (0,5)
a) envolveu a França e a Inglaterra, com a participação também decisiva da Espanha.
b) quebrou a economia europeia, interrompendo todo comércio de especiarias com o Oriente.
c) teve a participação da camponesa Joana D’Arc, integrada e atuante no exército inglês.
d) envolveu as famílias Lancaster e York na disputa pelo trono dos dois reinos (Inglaterra e França).
e) está ligada à sucessão do trono francês, envolvendo ingleses e franceses, que já tinham exércitos nacionais.

5. Assinale (V)erdadeiro ou (F)also sobre o processo de formação das monarquias nacionais europeias. (1,0)

A Guerra das Duas Rosas envolveu as dinastias inglesas York e Lancaster, disputando o trono.

No processo de formação das monarquias nacionais, houve uma aproximação dos reis com a burguesia e um afastamento dos nobres.

Alemanha e Itália, ao contrário de Portugal, Espanha, Inglaterra e França, só passaram pelo processo de unificação no final do século XIX.

As Guerras de Reconquistas envolvem conflitos territoriais entre cristãos e muçulmanos.

O rei britânico Eduardo III, sobrinho do falecido rei francês Carlos IV, passou a reivindicar o trono para si, iniciando uma série de conflitos que culminaram na chamada Guerra das Duas Rosas.

Os muçulmanos tiveram sua expansão barrada pelos francos, na Batalha de Poitiers.

As Guerras de Reconquistas estão diretamente ligadas ao processo de formação das monarquias francesa e inglesa.

A nova classe surgida no final da Idade Média, a burguesia, foi essencial na formação das monarquias europeias.

Um dos resultados das Guerras de Reconquista na península Ibérica foi que Portugal se tornou a primeira monarquia a se formar no continente europeu.

Após derrotar Ricardo III, o último rei de York, Henrique VII – da família Tudor e descendente dos Lancaster – assumiu o trono e se casou com Elizabeth de York, unindo as duas casas dinásticas.

6.Sobre a Reconquista Ibérica, é correto afirmar que se trata de: (0,5)
a) um conjunto de guerras e conquistas territoriais cujas motivações foram semelhantes àquelas que estimularam a ação dos cristãos durante as Cruzadas.
b) um movimento dirigido pelos comerciantes do reino de Castela, interessados em se apropriar das riquezas e rotas mercantis do mundo islâmico.
c) um movimento sem vínculo às crenças religiosas cristãs, estimulado pelo avanço científico da Península Ibérica.
d) uma incursão de cavaleiros a serviço da monarquia francesa com o objetivo de anexar a Península Ibérica aos seus territórios.
e) um movimento essencialmente religioso que tinha o objetivo de combater o fanatismo muçulmano e estabelecer monarquias cristãs que respeitassem a liberdade religiosa na Península Ibérica.

7. As formações das monarquias nacionais que estudamos este bimestre ocorreram: (0,5)
a) Na passagem do Paleolítico para o Neolítico.
b) Na passagem da Pré-História para a História.
c) Na passagem da Idade Antiga para a Idade Média.
d) Na passagem da Idade Média para a Idade Moderna.
e) Na passagem da Idade Moderna para a Idade Contemporânea.

8. Os anos de 1143, 1492 e 2022 pertencem, respectivamente, aos séculos: (0,5)
a) XI, XIV e XX b) XII, XV e XXI c) XI, XIV e XX d) XII, XV e XXII e) XI, XV e XXI

9. No mapa ao lado, faça um xis (X) apenas sobre a península Ibérica. (0,5)
Península Ibérica - www.professorjunioronline.com


10. Quais são os países que fazem parte da península Ibérica? (0,5)

GABARITO DA PROVA IMPRESSA

* O gabarito da prova online aparece ao final da realização da prova.

1. F V F V F V F V F V

2. E

3. C

4. E

5. V F V V F V F V V V

6. A

7. D

8. B

10. Portugal e Espanha



Comentários

Conteúdo Correspondente