Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Cruzadinha de História - Guerra Fria

Cruzadinha de História - Guerra Fria Cruzadinha para impressão Atividade de História

Prova de História - 9º Ano - 2º bimestre - com gabarito

Sucata empilhada em depósito do Exército dos EUA armazenando equipamentos não utilizados - 1946 - www.professorjunioronline.com


PROVA DE HISTÓRIA - 9º ANO - 2º BIM/22

9º ANO

2º BIMESTRE/2022 COM GABARITO




Prova de História - 9º ano - 2º bimestre - Com Gabarito.
Conteúdo da prova: Segunda Guerra Mundial. Transcrição da prova abaixo. Prova para download e Gabarito das objetivas após a transcrição.


Transcrição

1. Na década de 1940, os Estados Unidos investiram consideravelmente no desenvolvimento das relações diplomáticas com as nações latino-americanas, inclusive o Brasil. Nesse momento foi negociada uma aproximação do Brasil com o Eixo, e os termos alcançados fizeram o Brasil romper relações diplomáticas com as nações do Eixo em 1942. Isso gerou uma resposta alemã, e embarcações brasileiras foram atacadas por submarinos da Alemanha, o que mobilizou a opinião pública e levou o Brasil a declarar guerra contra a Alemanha.
A força brasileira enviada para lutar na Segunda Guerra Mundial ficou conhecida como:
a) Força Armada do Brasil. 
b) Grupo de soldados do Brasil. 
c) Exército Verde e Amarelo.
d) Força Expedicionária Brasileira. 
e) Tropas Especiais do Brasil.


Prime Day



2. Entre 1939 e 1945, aconteceu a Segunda Guerra Mundial, que se tornou o conflito mais violento de todo o século XX. A respeito da Segunda Guerra Mundial, assinale a opção correta.
a) O Brasil não participou dessa guerra. 
b) Essa guerra ficou circunscrita ao continente europeu.
c) A ex-União Soviética foi a principal causadora dessa guerra. 
d) A França foi aliada da Alemanha nazista.
e) Estados Unidos da América, Inglaterra e ex-União Soviética foram considerados os grandes vencedores dessa guerra.

3. Qual foi o estopim que levou os Estados Unidos a entrar na Segunda Guerra Mundial?
a) Rompimento das relações diplomáticas anunciado pela Itália.
b) Aprisionamento de cidadãos norte-americanos na França por tropas alemãs.
c) A assinatura do Tratado de Não Agressão entre Alemanha e URSS.
d) Invasão da Polônia.
e) Ataque japonês a Pearl Harbor.

4. A partir do Dia D, os Aliados realizaram o desembarque de tropas em qual região?
a) Sicília. 
b) Galícia. 
c) Danzig. 
d) Noruega. 
e) Normandia.

5. Duas cidades japonesas que foram bombardeadas pelos Estados Unidos com bombas atômicas em agosto de 1945:
a) Tóquio e Osaka. 
b) Nagano e Kyoto. 
c) Hiroshima e Nagasaki.
d) Kobe e Fukuoka. 
e) Fukushima e Sapporo.

-------------------------------

-------------------------------



6. “Esta guerra, de fato, é uma continuação da anterior.” (Winston Churchill, em discurso feito no Parlamento em 21 de agosto de 1941).
A afirmativa acima confirma a continuidade latente de problemas não solucionados na Primeira Guerra Mundial, que contribuíram para alimentar antagonismos e levaram à eclosão da Segunda Guerra Mundial.
Entre esses problemas, identificamos:
a) o crescente nacionalismo econômico e o aumento da disputa por mercados consumidores e por áreas de investimentos.
b) o desenvolvimento do imperialismo chinês da Ásia, com abertura para o Ocidente.
c) os antagonismos austro-ingleses em torno da questão da Alsácia-Lorena.
d) a oposição ideológica que fragilizou os vínculos entre os países, enfraquecendo todo tipo de nacionalismo.
e) a divisão da Alemanha, que a levou a uma política agressiva de expansão marítima.


7. O ataque japonês a Pearl Harbor e a consequente guerra entre americanos e japoneses no Pacífico foi resultado de um processo de desgaste das relações entre ambos. Depois de 1934, os japoneses passaram a falar mais desinibidamente da “Esfera de Coprosperidade da Grande Ásia Oriental”, considerada como a “Doutrina Monroe Japonesa”. A expansão japonesa havia começado em 1895, quando venceu a China, impôs-lhe o Tratado de Shimonoseki passando a exercer tutela sobre a Coreia. Definida sua área de projeção, o Japão passou a ter atritos constantes com a China e a Rússia. A área de atrito passou a incluir os Estados Unidos quando os japoneses ocuparam a Manchúria, em 1931, e a seguir, a China, em 1937.
Sobre a expansão japonesa, infere-se que:
a) o Japão tinha uma política expansionista, na Ásia, de natureza bélica, diferente da doutrina Monroe.
b) o Japão buscou promover a prosperidade da Coreia, tutelando-a à semelhança do que os EUA faziam.
c) o povo japonês propôs cooperação aos Estados Unidos ao copiarem a Doutrina Monroe e proporem o desenvolvimento da Ásia.
d) a China aliou-se à Rússia contra o Japão, sendo que a doutrina Monroe previa a parceria entre os dois.
e) a Manchúria era território norte-americano e foi ocupado pelo Japão, originando a guerra entre os dois países.

8. Em discurso proferido em 17 de março de 1939, o primeiro-ministro inglês à época, Neville Chamberlain, sustentou sua posição política:
Não necessito defender minhas visitas à Alemanha no outono passado, que alternativa existia? Nada do que pudéssemos ter feito, nada do que a França pudesse ter feito, ou mesmo a Rússia, teria salvado a Tchecoslováquia da destruição. Mas eu também tinha outro propósito ao ir até Munique. Era o de prosseguir com a política por vezes chamada de ‘apaziguamento europeu’, e Hitler repetiu o que já havia dito, ou seja, que os Sudetos, região de população alemã na Tchecoslováquia, eram a sua última ambição territorial na Europa, e que não queria incluir na Alemanha outros povos que não os alemães.” Disponível em: www.johndclare.net. Com adaptações.
Sabendo-se que o compromisso assumido por Hitler em 1938, mencionado no texto acima, foi rompido pelo líder alemão em 1939, infere-se que
a) Hitler ambicionava o controle de mais territórios na Europa além da região dos Sudetos.
b) a aliança entre a Inglaterra, a França e a Rússia poderia ter salvado a Tchecoslováquia.
c) o rompimento desse compromisso inspirou a política de ‘apaziguamento europeu’.
d) a política de Chamberlain de apaziguar o líder alemão era contrária à posição assumida pelas potências aliadas.
e) a forma que Chamberlain escolheu para lidar com o problema dos Sudetos deu origem a destruição da Tchecoslováquia.


9. Em 1942, o governo brasileiro decretou estado de guerra contra a Alemanha e a Itália, enviando, em 1944, tropas para o continente europeu. Com relação à participação brasileira na Segunda Guerra Mundial, é correto afirmar que
a) a experiência da Força Expedicionária Brasileira (FEB), durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), foi decisiva para o sucesso da expedição brasileira.
b) a tomada de Monte Castelo, na Itália, foi a principal conquista militar realizada pelos pracinhas da FEB.
c) o Brasil, durante o período em que permaneceu neutro em relação aos conflitos, não permitiu a instalação de bases militares norte-americanas em seu território.
d) a participação do Brasil na guerra, contra os regimes nazifascistas, estava em consonância com a forma de governo democrática assumida por Getúlio Vargas, desde 1937.
e) a participação do Brasil junto aos aliados concedeu ao país um assento permanente no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas.


10. As bombas atômicas, lançadas contra Hiroshima e Nagasaki em 1945, resultaram na morte de aproximadamente 300.000 pessoas, vítimas imediatas das explosões ou de doenças causadas pela exposição à radiação. Esses eventos marcaram o início de uma nova etapa histórica na corrida armamentista entre as nações, caracterizada pelo desenvolvimento de programas nucleares com finalidades bélicas.
Considerando essa etapa e os efeitos das bombas atômicas, analise as afirmações abaixo.
I. As bombas atômicas que atingiram Hiroshima e Nagasaki foram lançadas pelos Estados Unidos, único país que possuía esse tipo de armamento ao fim da Segunda Guerra Mundial.
II. As radiações liberadas numa explosão atômica podem produzir mutações no material genético humano, que causam doenças como o câncer ou são transmitidas para a geração seguinte, caso tenham ocorrido nas células germinativas.
III. Desde o fim da Segunda Guerra Mundial, várias nações desenvolveram armas atômicas e, atualmente, entre as que possuem esse tipo de armamento, têm-se China, Estados Unidos, França, Índia, Israel, Paquistão, Reino Unido e Rússia.
Está correto o que se afirma em
a) I, somente. 
b) II, somente. 
c) I e II, somente. 
d) II e III, somente. 
e) I, II e III.

11. O rompimento pelos nazistas do Pacto Germano-Soviético assinado entre a Alemanha e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), no ano de 1939, causou espanto mundial. Em que consistia este acordo?
a) Tratados realizados entre Hitler e Stalin para que ambos não atacassem a Polônia.
b) Acordo de não agressão entre Alemanha e União Soviética por dez anos e uma cláusula que incluía a divisão da Polônia entre os dois países.
c) Política de acordos entre Hitler e Stalin de que estabelecia a neutralidade em caso de um conflito armado na Europa.
d) Uma aliança político-militar entre ambos os países que garantia o apoio caso algum deles fosse atacado pela Inglaterra ou a França.

12. Qual foi o tema do seu trabalho sobre a Segunda Guerra Mundial? 
Explique o tema apresentado pela sua equipe. (2,0)


Download

ATENÇÃO: Para fazer o download dos arquivos, no formato Word, quando abrir a janela, vá até o menu "Arquivo" na parte superior esquerda da tela e clique em "Fazer download".

Clique aqui para fazer o download da prova de História - 9º ano - 2º bimestre no formato Word.


Clique aqui para fazer o download da prova de História - 9º ano - 2º bimestre no formato pdf.


GABARITO das objetivas

1. E

2. E

3. E

4. E

5. C

6. A

7. A

8. A

9. B

10. E

11. B




Comentários

Conteúdo Correspondente