Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Atividade - O Nome da Rosa

Atividade - Filme "O nome da rosa". Sugestão para o 1º Ano do Ensino Médio

Língua Estrangeira - Inglês - UEL/2022 - 4 Questões Comentadas

Língua Estrangeira Inglês - www.professorjunioronline.com


Língua Estrangeira - Inglês - UEL/2022 - 4 Questões Comentadas

Língua Estrangeira Moderna - Inglês
Com gabarito comentado




As questões abaixo foram extraídas da prova da Universidade Estadual de Londrina (Vestibular - UEL 2022). Prova de Língua Estrangeira Moderna - Inglês. Os gabaritos e os comentários das respostas foram extraídos do site oficial da UEL, que você pode conferir clicando aqui.


Questões:

Leia o texto a seguir e responda às questões de 1 a 4.

The Washington Post
Opinion: Brazil’s racist wave of mass incarceration
Fausto Salvadori is a reporter for the news site Ponte Jornalismo in Brazil.
A few days ago, my son-in-law told me that he was on a walk with my daughter and grandson in the center of São Paulo, the most populous city in Brazil, when a group of police officers approached them. My 2-year-old grandson didn’t understand why the officers were pointing a gun at his father. I am 40 years older than him, and I don’t understand it either, much less accept it, although I know that situations like this are frequent in Brazil. Unlike my son-in-law, I don’t usually go through this. But I’m White. He’s Black.
In a country that for so long has lied to itself by asserting that it is a “racial democracy”, I can say that the police have rarely approached me on the street, but my son-in-law says that at one point, he was accosted 20 times in a single year. This situation represents a real lethal threat for Black people: They constitute 56 percent of Brazilians but account for 79 percent of those killed by the police. There’s also the fear of being detained; 67 percent of the prison population is Black.
The Anti-Drug Act, approved in 2006, accelerated a mass incarceration process that mainly affects Black and poor people and that the Brazilian government had been promoting since the 1990s. Following this law, the number of people incarcerated for drug crimes increased by 156 percent, according to research by Una guerra adictiva. Now, 1 in 3 prisoners is in jail because of this law. In the case of women, that percentage is over 60. This kind of incarceration – carried out in the name of the War on Drugs – is part of the reason Brazil is the country with the third-largest prison population globally. With about 750,000 inmates, it’s behind only the United States and China.
(www.washingtonpost.com)

1. Assinale a alternativa que contém o sinônimo para “inmates”, tal como usado em With about 750,000 inmates, it’s behind only the United State and China.
a) Thieves
b) Prison guards
c) Attorneys
d) Prisoners
e) Custodians



2. De acordo com Fausto Salvadori, a Lei Antidrogas, aprovada em 2006, tem sido responsável
a) pela correção da discrepância racial da população carcerária no Brasil, que era majoritariamente negra na década de 1990.
b) pelo enfrentamento eficaz de consumo e porte de drogas no Brasil, comprovado pela taxa de encarceramento.
c) pelo vertiginoso crescimento da população carcerária no Brasil.
d) pelo planejamento de políticas públicas em outros países, como Estados Unidos e China, no enfrentamento do consumo e porte de drogas.
e) pelo encarceramento desproporcional entre homens e mulheres.


-------------------------------

-------------------------------


3. Sobre os motivos pelos quais o autor narra um fato ocorrido com membros de sua família, considere as afirmativas a seguir.
  • I. Exemplificar abordagens agressivas que, embora aconteçam somente com negros, são pouco recorrentes.
  • II. Dar ao texto também o caráter de opinião, tendo em vista a coluna na qual o publicou.
  • III. Personificar o argumento que desenvolverá depois com dados de pesquisas.
  • IV. Desvelar a disparidade das abordagens policiais em decorrência da cor da pele.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.



4. De acordo com o autor do texto, assinale a alternativa correta.
a) O Brasil não é uma democracia racial como vem afirmando ser.
b) Cerca de 80% dos encarcerados no Brasil são negros.
c) Aproximadamente 70% da população negra é pobre.
d) A Lei Antidrogas já vem sendo aplicada desde 1990 e vem contribuindo para a redução da criminalidade.
e) O perfil das mulheres encarceradas no Brasil é formado por pobres, negras e acima de 60 anos de idade.



GABARITO comentado:

1. Alternativa correta: d
Conteúdo programático: 
Realizar análise linguística (de vocabulário e aspectos gramaticais), com base em sua função, forma e significado, observando o contexto sócio- histórico-cultural dos textos. 

Justificativa:
a) Incorreta. Incorreta. O sentido geral de “inmates” é encarcerados, diferentemen-te do sentido de “thieves”, que significa ladrões. No excerto indicado no enunciado, não há distinção sobre os tipos de encarcerados, para que o sinônimo passe a ser “thieves”.
b) Incorreta: “Prison guards” significa guardas e não presos. Assim, “prison guards” são, na verdade, aqueles responsáveis por monitorar os “inmates”, razão pela qual não podem ser termos sinônimos.
c) Incorreta. “Attorneys” significa advogados, cujo papel social é defen-der os encarcerados. Portanto, não há relação semântica entre as duas palavras.
d) Correta. O melhor sinônimo para o termo “inmates” é “prisoners”, pois neste contexto, ambos possuem o mesmo significado: presos.
e) Incorreta. “Custodians” também significa guardas, cujo papel social é supervisionar os encarcerados. Esta alternativa é sinônima, na verdade, do termo “prison guards”, mas não de “inmates”.


2. Alternativa correta: c
Conteúdo programático: 
Localizar e interpretar informações em um texto.

Justificativa:
a) Incorreta. O texto diz que, na visão de Fausto Salvadori, a Lei Antidrogas aumentou a discrepância racial da população carcerária brasileira, ao invés de corrigi-la.
b) Incorreta. Para Fausto Salvadori, um aumento não população carcerária não é sinônimo de eficácia da lei.
c) Correta. O texto afirma que The Anti-Drug Act, approved in 2006, accelerated a mass incarceration process that mainly affects Black and poor people and that the Brazilian government had been promoting since the 1990s, ou seja, a lei aprovada em 2006, aumentou, vertiginosamente, o número de pessoas negras e pobres. Mais adiante, no excerto Following this law, the number of people incarcerated for drug crimes increased by 156 percent (. . . ), temos a informação de que este número aumentou em 156 porcento.
d) Incorreta. A Lei Antidrogas, aprovada em 2006, não foi responsável pelo planejamento de políticas públicas em outros países, como Estados Unidos e China, no enfrentamento do consumo e porte de drogas. O autor traz os Estados Unidos e a China para a reflexão não por terem se inspirado na lei brasileira, mas para indicar os três países do globo com as maiores populações carcerárias.
e) Incorreta. A Lei Antidrogas, aprovada em 2006, não foi responsável pelo encarceramento desproporcional entre homens e mulheres. Embora o autor traga um dado estatístico sobre o encarceramento de mulheres, este não é suficiente para argumentar pelo encarceramento desproporcional baseado no sexo.


3. Alternativa correta: e
Conteúdo programático: 
Explicar possíveis leituras ou interpretações de um texto.

Justificativa
  • I. Incorreto. Embora abordagens agressivas como a narrada por Fausto Salvadori aconteçam principalmente com negros, elas também podem acontecer com brancos – o que fica marcada na seguinte passagem de Fausto, que é branco: “I don’t usually go through this”.
  • II. Correto. O espaço jornalístico no qual Fausto Salvadori publicou seu artigo de opinião e o tipo de linguagem utilizada indicam um texto opinativo.
  • III. Correto. Ao narrar um fato ocorrido com membros de sua família, o autor utilizou de exemplos e linguagem próxima em alguns momentos para personificar seu argumento.
  • IV. Correto. Ao narrar um fato ocorrido com membros de sua família, embora seja um exemplo específico, ele é ilustrativo da disparidade nas abordagens policiais no país, em decorrência da cor da pele.

4. Alternativa correta: a
Conteúdo programático: 
Chegar a conclusões, relacionando argumentos à ideia principal.

Justificativa
a) Correto. O texto diz que In a country that for so long has lied to itself by asserting that it is a “racial democracy (. . . ). Ou seja, o país mente para si mesmo quando afirma ser uma democracia racial.
b) Incorreto. O texto afirma, no trecho, This situation represents a real lethal threat for Black people: They constitute 56 percent of Brazilians but account for 79 percent of those killed by the police, que as pessoas negras correspondem a 56 porcento da população brasileira e, deste total, 79 porcento foi morta pela polícia.
c) Incorreto. O texto não faz referência à esta informação. O texto afirma que sessenta e sete por cento (cerca de 70%) da população é negra, mas não se pode dizer que é pobre (´67 percent of the prison population is Black´).
d) A Lei Antidrogas não vem contribuindo para a redução da criminalidade. Ao contrário, o texto afirma que o número de pessoas encarceradas aumentou 156%.
e) Incorreto. O texto não faz tal afirmação. O texto diz que, a porcentagem de mulheres presas em decorrência da Lei aumentou em 60%, conforme o trecho Now, 1 in 3 prisoners is in jail because of this law. In the case of women, that percentage is over 60.


Comentários

Conteúdo Correspondente