Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Todas as bandeiras da Copa do Mundo Qatar 2022 para download

TODAS AS BANDEIRAS DOS PAÍSES PARTICIPANTES DA COPA DO QATAR BANDEIRAS EM ALTA RESOLUÇÃO DE TODOS OS PAÍSES PARTICIPANTES DA COPA DO MUNDO FIFA DE FUTEBOL NO QATAR EM 2022 ARQUIVOS PARA DOWNLOAD Fifa World Cup Qatar 2022

Prova de História - 1º ano - com gabarito - Recuperação 3º bim/2022

Prova de História - 1º ano - www.professorjunioronline.com



Prova de História - 1º ano - com gabarito - Recuperação 3º bim/2022 



Prova de História - 1º ano - Ensino Médio - Com gabarito


Conteúdo da prova: Monarquias Absolutistas; Revoluções Inglesas do século XVII; Expansão Marítima; Colonização; Mercantilismo
Série/Turma: 1º Ano - Ensino Médio
Bimestre: 3º - Recuperação bimestral
Ano: 2022
Gabarito: Sim, para as objetivas




Abaixo, transcrição da prova de História - 1º ano - Ensino Médio - 3º bimestre, com gabarito. Arquivo para download e Gabarito das objetivas após a transcrição.


Transcrição da Prova

1. No contexto das Revoluções Inglesas do século XVII, explique o que foi a Revolução Puritana, suas características e consequências.

2. No contexto das Revoluções Inglesas do século XVII, explique o que foi a Revolução Gloriosa, suas características e consequências.

3. Explique quais as consequências das Revoluções Inglesas do século XVII para a Inglaterra e como ela influenciou na Revolução Industrial.

4. Explique o que foi o Mercantilismo, cite suas características e explique duas delas

5. Cite os motivos que levaram Portugal a ser pioneiro nas Grandes Navegações. Explique dois deles.

6. 19. (Unesp 2011) O fim último causa final e desígnio dos homens (...), ao introduzir aquela restrição sobre si mesmos sob a qual os vemos viver nos Estados, é o cuidado com sua própria conservação e com uma vida mais satisfeita. Quer dizer, o desejo de sair daquela mísera condição de guerra que é a consequência necessária (...) das paixões naturais dos homens, quando não há um poder visível capaz de os manter em respeito, forçando-os, por medo do castigo, ao cumprimento de seus pactos (...). (Thomas Hobbes. Leviatã, 1651. In: Os pensadores, 1983.) 
De acordo com o texto, 
a) os Estados controlam os homens, permitindo sua sobrevivência e o convívio social entre eles. 
b) as sociedades dependem de pactos internos de funcionamento que diferenciem os homens bons dos maus. 
c) os castigos permitem que as pessoas aprendam valores religiosos, necessários para sua convivência. 
d) as guerras são consequências dos interesses dos Estados, preocupados em expandir seus domínios territoriais.
e) os homens são bons por natureza, mas a sociedade instiga a disputa e a competição entre eles.

7. (Enem 2009) O que se entende por Corte do antigo regime é, em primeiro lugar, a casa de habitação dos reis de França, de suas famílias, de todas as pessoas que, de perto ou de longe, dela fazem parte. As despesas da Corte, da imensa casa dos reis, são consignadas no registro das despesas do reino da França sob a rubrica significativa de Casas Reais. ELIAS, N. A sociedade de corte. Lisboa: Estampa, 1987. 
Algumas casas de habitação dos reis tiveram grande efetividade política e terminaram por se transformar em patrimônio artístico e cultural, cujo exemplo é 
a) o Museu Britânico.
b) o palácio de Versalhes.
c) a catedral de Colônia. 
d) a Casa Branca.
e) a pirâmide do faraó Quéops.

8. (Fgv 2014) Sobre as relações entre os reinos ibéricos e a expansão ultramarina, é correto afirmar que a 
a) centralização do poder no reino português só ocorreu após a vitória contra os muçulmanos na guerra de Reconquista, o que garantiu o estabelecimento de alianças diplomáticas com os demais reinos ibéricos, condição para sanar a crise do feudalismo por meio da expansão ultramarina. 
b) canalização de recursos, organizada pelo Estado português para a expansão ultramarina, só foi possível com a preciosa ajuda do capital dos demais reinos da península Ibérica na guerra de Reconquista, interessados em expulsar o invasor muçulmano que havia fechado o rentável comércio no Mediterrâneo.
c) guerra de Reconquista teve papel importante na organização do Estado português, uma vez que reforçou o poder do rei como chefe político e militar, garantindo a centralização do poder, requisito para mobilizar recursos a fim de bancar a expansão marítima e comercial. 
d) expansão marítima e comercial precisou de recursos promovidos pelo reino português, ainda não unificado, que usou a guerra de Reconquista para garantir a sua unificação política contra os demais reinos ibéricos, que lutavam ao lado dos muçulmanos como forma de impedir o fortalecimento do futuro Estado luso. 
e) vitória do reino de Portugal contra os muçulmanos foi garantida pela ajuda militar e financeira do Estado espanhol, já unificado, o que permitiu também a expansão marítima e comercial, condição essencial para o fim da crise do feudalismo na Europa Ocidental.

9. (Acafe 2017) A formação dos Estados Modernos, o Absolutismo Monárquico e o Mercantilismo caracterizaram a centralização política em várias partes da Europa, em oposição ao poder político descentralizado do sistema feudal. Nesse sentido é correto afirmar, exceto: 
a) O mercantilismo foi caracterizado pelo controle estatal da economia e priorizava o domínio de colônias para fornecer matérias-primas e criar mercados consumidores para a metrópole. 
b) O casamento de Fernando, herdeiro do trono de Aragão, com Isabel, do trono de Castela, consolidou a formação do território que corresponde à Espanha. 
c) O processo de fortalecimento do poder real atingiu seu ápice com o absolutismo. O monarca passou a exercer o controle total sobre o comércio, as manufaturas e sobre a máquina administrativa. 
d) As Guerras da Reconquista, ao expulsarem os muçulmanos da Europa, contribuíram decisivamente para a formação da Monarquia francesa numa aliança com setores da nobreza.

10. Dispostos a participar do lucrativo comércio de especiarias, realizado pelos portos do levante mediterrâneo e controlado pelos venezianos, os portugueses buscaram um caminho alternativo. Em 1498, Vasco da Gama conseguiu chegar à Índia: 
a) através dos portos do poente mediterrâneo. 
b) utilizando as antigas rotas terrestres do Meio Oriente. 
c) utilizando o canal do Panamá. 
d) através do Estreito de Magalhães. 
e) circunavegando a o continente africano



Continua...
6. A

7. B

8. C

9. D

10. E

Comentários

Conteúdo Correspondente