Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Dinâmica para primeira aula criada pelo ChatGPT

Dinâmica para primeira aula criada pelo ChatGPT Pedi para o ChatGPT criar uma dinâmica para o primeiro dia de aula Veja no que deu...

Prova de Geografia - 9º ano - 4º bim/2022

Oceania - Austrália - Sidney - www.professorjunioronline.com


Prova de Geografia - 9º ano - com gabarito - 4º bim/2022 



Prova de Geografia - 9º ano - Com gabarito


Conteúdo da prova: Aspectos humanos e econômicos da Oceania; Regionalização do Espaço Mundial
Série/Turma: 9º Ano
Bimestre: 
Ano: 2022
Gabarito: Sim, para as objetivas




Abaixo, transcrição da prova de Geografia - 9º ano - 4º bimestre, com gabarito. Arquivo para download e Gabarito das objetivas após a transcrição.


Transcrição da Prova

*Para visualizar imagens, gráficos e tabelas, baixe a prova disponível para download logo após a transcrição
1. A incorporação da Austrália e da Nova Zelândia ao capitalismo europeu deu-se de forma diversa da ocorrida com os continentes africano, asiático e americano. Vários episódios contam a história de ocupação e crescimento populacional e econômico daquela região. Sobre este assunto, assinale a alternativa correta: (0,6) 
a) Enquanto África, Ásia e América passaram a integrar o horizonte geográfico dos europeus já nos séculos XV e XI, Austrália e Nova Zelândia só foram efetivamente incorporadas já nos séculos XVIII e XIX. 
b) Nunca houve descoberta de terras férteis - propícias para o desenvolvimento da agricultura em terras australianas. 
c) A Austrália oferecia grande potencial para a descoberta de ouro em vários locais do território já no início das Grandes Navegações, por volta de 1500, atraindo milhares de colonizadores, os quais contribuíram bastante para sua ocupação. 
d) Com a independência dos Estados Unidos (1776), a Grã Bretanha perdeu o local para onde mandava seus condenados e criminosos. O Brasil surgiu, então, como alternativa para abrigar os condenados britânicos. 
e) As terras australianas não ofereciam condições naturais atraentes para ocupação, mesmo assim foram rapidamente ocupadas e exploradas logo após a descoberta da região. 

2. Assinale a afirmação INCORRETA sobre a Oceania e os países que formam esse continente. (0,6) 
a) O setor agropecuário na Austrália apresenta uma elevada participação nas exportações, e a pecuária constitui uma das principais fontes de riquezas. 
b) A Austrália possui uma das mais baixas densidades demográficas do mundo e sua população concentra-se no litoral e nas regiões mais úmidas. 
c) A agropecuária na Nova Zelândia ocupa grande parte de seu território; é uma atividade muito importante economicamente, responsável por grande parte das exportações de produtos industriais. 
d) Ao todo, a Oceania é formada por 4 grandes ilhas; a maior que representa o território australiano, e 3 ilhas menores, que formam o arquipélago da Nova Zelândia e a ilha da Tasmânia, que constituiu um país independente. 
e) Durante o processo de ocupação da Nova Zelândia pelos ingleses, a população nativa teve suas terras usurpadas e grande parte de sua população dizimada. Hoje a população é predominantemente branca. 

3. É o fator que mais contribuiu para a ocupação das terras da Austrália e da Nova Zelândia no século XIX: (0,6)
a) a descoberta de terras de grande fertilidade para a agricultura.
b) a descoberta de petróleo, por volta de 1950.
c) o clima temperado em toda a sua extensão territorial.
d) a mão de obra escrava no próprio território.
e) o clima tropical em toda sua porção meridional.

4. Com base em nossas aulas, descreva a distribuição da população australiana apresentada no mapa ao lado e explique os motivos naturais e econômicos que o país a ser considerado pouco povoado. Na sequência, explique porque a Austrália tem baixo crescimento vegetativo, quais são as consequências dessa situação e o que o governo local tem feito para superar tal situação. (1,2)

Continua...

-------------------------------

-------------------------------


5. Sobre a origem da divisão “Norte/Sul” do mundo:
É em 1980 que nasce o par Norte/Sul, numa publicação do Banco Mundial (presidido por Willy Brandt) da Comissão Independente sobre os problemas de desenvolvimento internacional, intitulado Norte-Sul: um programa de sobrevivência. Em seguida o termo se torna corrente e é utilizado tanto no domínio público quanto nos materiais escolares.
(Transcrição de palestra de Christian Grataloup. Vida e morte do par Norte/Sul, In: Les Cafés Géographiques, 30/09/2015, http://cafe-geo.net/, acesso 25/10/2015)
A expressão Norte/Sul, de largo uso atualmente, tem uma história que revela um aspecto das relações internacionais. A esse respeito, pode ser afirmado que: (0,6)
a) ela substitui a divisão do mundo entre países desenvolvidos e subdesenvolvidos, isso porque houve uma queda grande da desigualdade entre os países do mundo.
b) essa divisão é apenas uma frase de efeito, pois ao pretender distinguir os países ricos dos pobres, comete uma confusão, pois vários dos países ricos do mundo estão no Sul.
c) como expressão da moda, tem o mesmo significado que a oposição entre Primeiro, Segundo e Terceiro Mundo, e entre países desenvolvidos e países subdesenvolvidos.
d) foram as desigualdades existentes na escala mundial, entre os países, que deram origem à distinção entre Norte/Sul.

6. Observe o mapa. 
A partir das informações contidas no mapa e de conhecimentos sobre o mundo dos anos 90 e início do século XXI, pode-se afirmar que o mapa trata, fundamentalmente: (0,6)
a) do conflito entre os países ricos e pobres.
b) do estabelecimento de uma nova ordem mundial bipolar.
c) dos principais blocos geopolíticos do hemisfério norte.
d) da organização mundial ditada pelos blocos políticos e econômicos.
e) da ordem mundial, estabelecida pelos países capitalistas e socialistas.

7. Com base em nossas aulas, cite e explique o tipo de regionalização que tivemos durante a Guerra Fria, no pós-Guerra Fria e pelo qual passamos no momento atual. (1,2)

8. Com base no processo de formação natural pelo qual a Terra passou ao longo de milhões de anos, cite qual é a regionalização mais utilizada para estudar o nosso planeta e, com base nessa regionalização, quais são as áreas em que dividimos nosso planeta. (0,6)










Gabarito das objetivas

1. Alternativa A
2. Alternativa B
3. Alternativa A
5. Alternativa D
6. Alternativa D

Comentários

Conteúdo Correspondente