O dinheiro no Brasil do século XX

23:44 Junior Lopes 0 Comentários

100 Reais

Dinheiro no Brasil

As mudanças no dinheiro brasileiro durante o século XX




Se você tem menos de vinte anos, nunca viu em circulação no nosso país uma moeda diferente daquela de hoje, o Real. Mas se perguntar para seus pais ou seus avós, descobrirá que a situação antes de 1994 era bem diferente...



No século XVI o Real Português era a moeda mais utilizada aqui no Brasil, mais conhecida pelo seu plural: Réis. No final do século XVII, é inaugurada a Casa da Moeda do Brasil e as primeiras moedas brasileiras passam a ser cunhadas. Até o final do Império brasileiro e nos primeiros anos da República, os Réis (R$) continuam a ser utilizados no país.
Nesse período, o Brasil passou pela República da Espada,
pela República Oligárquica
e pela Era Vargas.

400 Réis
Segundo a Casa da Moeda do Brasil, foram cunhadas 161.250.000
moeda de 400 Réis, a maior produção de moedas do mundo até então.

1 Conto de Réis
Cédula de 1 Conto de Réis, ou 1.000.000 de Réis emitida na década de 1920.
Assim, o século XX começou com os Réis, unidade monetária utilizada no Brasil desde o Império e, somente em 1942, mais de meio século após a Proclamação da República, o Réis foi substituído pelo Cruzeiro (Cr$). Nessa mudança. três zeros são cortados e 1000 Réis passam a valer 1 Cruzeiro.
Em 1942 o presidente do Brasil era Getúlio Vargas, em pleno Estado Novo.
A Europa passava pela 2ª Guerra Mundial.

Mil Cruzeiros
Cédula de 1000 Cruzeiros, de 1943.
5 Cruzeiros
Cédula de 5 Cruzeiros, de 1961.

Em 1967, desvalorização da moeda nacional e novas mudanças. Surge o Cruzeiro Novo (NCr$). Novamente três zeros são cortados e os antigos 1000 Cruzeiros passaram a valer 1 Cruzeiro Novo.
Em fevereiro de 1967, quando foi baixado o decreto que
autorizou a entrada em vigor do Cruzeiro Novo, o presidente
do Brasil era Castello Branco, durante a ditadura militar.

10.000 Cruzeiros - 10 Cruzeiros Novos
Cédula de 10.000 Cruzeiros com o carimbo que
lhe atribuía novo valor: 10 Cruzeiros Novos.

Nova mudança na unidade monetária em 1970. O Cruzeiro Novo volta a ser novamente Cruzeiro (Cr$), mas desta vez sem alterações de valores.
Em 1970, ainda durante a ditadura militar, o presidente do
Brasil era Emílio Garrastazu Médici. Nesse mesmo ano
a seleção brasileira do técnico Zagallo e de Gerson, Jairzinho,
Rivelino, Pelé, Tostão, entre outros, levou o Brasil ao
tricampeonato mundial na Copa do México.
1 Cruzeiro
Moeda de 1 Cruzeiro, de 1970.
10 Cruzeiros
Cédula de 10 Cruzeiros, da década de 1970.
100 Cruzeiros
Cédula de 100 Cruzeiros, de 1981
100.000 Cruzeiros
A cédula de 100.000 foi a última do padrão Cruzeiro.

Nova mudança em 1986. Com inflação em torno de 200% ao ano (para termos uma ideia, segundo o IBGE, 2013 terminou com inflação anual de 5,91%), a moeda nacional passa a ser o Cruzado (Cz$). Mais uma vez os zeros foram cortados e 1000 Cruzeiros passam a valer 1 Cruzado.
Em 1986 o presidente era José Sarney. Durante seu mandato,
além do plano Cruzado, que lançou a nova moeda, ocorreram
ainda outras duas tentativas de socorrer a economia
nacional: o plano Bresser e o plano Verão.

Moeda de 10 Cruzados, de 1987.

10.000 Cruzados
Cédula de 10.000 Cruzados, da década de 1980.

O ano agora é 1989. Se em 1986 a inflação girava em torno de 200% ao ano, agora ela chega a 1000%. Adivinha... mais corte de zeros e nova unidade monetária, o Cruzado passa a ser Cruzado Novo (NCz$) e 1000 Cruzados passam a ser 1 Cruzado Novo.
O presidente do Brasil ainda era José Sarney em 1989. A implementação
do Cruzado Novo foi consequência do terceiro plano econômico lançado
durante o governo Sarney, o plano Verão. No ano anterior havia sido
promulgada a Constituição que está em vigor até hoje.

100 Cruzados Novos
Cédula de 100 Cruzados Novos

No ano seguinte, 1990, o brasileiro assiste a mais um plano econômico e a moeda volta a se chamar Cruzeiro (Cr$), sem corte de zeros.
O presidente do Brasil em 1990 era Fernando Collor de Melo. Ele foi
o primeiro presidente eleito por voto direto depois da ditadura militar. Foi também o primeiro presidente do Brasil a sofrer o processo de Impeachment.

500 Cruzeiros
Moeda de 500 Cruzeiros, de 1992.
50.000 Cruzeiros
Cédula de 50.000 Cruzeiros, do início da década de 1990.

1993, os zeros são cortados novamente e uma nova moeda é criada, o Cruzeiro Real (CR$). Assim 1000 Cruzeiros passam a ser 1 Cruzeiro Real.

Itamar Franco era o presidente do Brasil em 1993. Vice-presidente de Fernando Collor,
Itamar assumiu a presidência após o Impeachment de Collor. 

50 Cruzeiros Reais
Moeda de 50 Cruzeiros Reais, de 1983.
50.000 Cruzeiros Reais
Cédula de 50.000 Cruzeiros Reais, do início da década de 1990.

Chega 1994, a inflação acumulada de onze meses é de quase 3700%. Um novo plano foi lançado, o plano Real. Para controlar a economia foi criado um indexador único, a URV (Unidade Real de Valor), uma espécie de moeda paralela, em 1º de março com o valor de 647,50 Cruzeiros Reais, corrigido diariamente. Em 1º de julho do mesmo ano, com a URV em 2750,00 cruzeiros reais, é instituída uma nova moeda, o Real (R$), equivalente a 1 URV ou 2750,00 Cruzeiros Reais. Todo o dinheiro em circulação no país foi substituído no que foi, segundo o Banco Central do Brasil, "uma das maiores trocas de numerário que se tem notícia no mundo". Segundo o jornal Estadão, a adoção da URV foi essencial para o sucesso do Plano Real e "uma das experiências de estabilização mais engenhosas e bem-sucedidas que a humanidade já conheceu". O Real é a moeda em circulação até os dias atuais em nosso país.
Em 1994 o presidente ainda era Itamar Franco. À época do lançamento do plano Real,
Fernando Henrique Cardoso era o ministro da Fazenda. Com o sucesso do Plano
Real, Fernando Henrique se afasta do Ministério da Fazenda para concorrer
à presidência da República nas eleições de 1994, saindo vitorioso ainda no 1º turno.
Também em 1994, na Copa do Mundo dos Estados Unidos, o Brasil consegue o seu
tetracampeonato mundial de futebol com a seleção do técnico Carlos Alberto
Parreira e de Taffarel, Ronaldo, Branco, Bebeto, Dunga, Cafú, Romário, entre outros.

1 Real
Moeda de 1 Real, de 1994.
1 Real
Cédula de 1 Real, do início do plano Real, que não está mais em circulação.
10 Reais
Cédula de 10 Reais, lançada em 2000.







0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova de História - 8º ano - 2º bimestre - 2014 - com gabarito

21:36 Junior Lopes 0 Comentários

Prova de História do 8º ano


Prova de História

8º ano - 1º bimestre


Prova para download e gabarito


Clique aqui para fazer o download da prova no Mega.
Quer armazenar seus arquivos 'nas nuvens', no Dropbox? Basta clicar aqui.

Quer outras provas de História? Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


Gabarito:

Exercício 1:
A citação faz referência ao chamado 'Dia do Fico'. O aluno poderia simplesmente citar que esta decisão contrariava a vontade das Cortes portuguesas, que queriam a volta do príncipe regente e representou mais um passo da colônia rumo à Independência.

Exercício 2:
(2)
(3)
(1)

Exercício 3:
Ambos defendiam a manutenção da monarquia, do sistema escravista e de uma economia agrário exportadora.

Exercício 4:
(3)     (2)     (1)
(5)     (4)

Exercício 5:
O aluno pode destacar a dependência portuguesa da produção brasileira. Diante dessa situação, a emancipação política do Brasil significava colocar em xeque os portugueses, uma vez que era a base de sustentação de todo o sistema econômico português.

Exercício 6:
"A América para os Americanos"

Exercício 7:
Alternativa A

Exercício 8:
Enquanto o Brasil adotou uma monarquia, os outros países americanos adotaram o sistema republicano*.

*Como vimos em nossas aulas, no México houve uma tentativa frustrada de monarquia, que durou pouco tempo.

Exercício 9:
Alternativa B
* Sobre a alternativa F, lembrem-se que as 'eleições' eram para a escolha, entre os deputados,
daqueles que fariam parte da Assembleia Constituinte. 
Leia o texto abaixo e clique sobre ele para acessar o texto completo:

Exercício 10:
Alternativa B

Exercício 11:
Possibilidades de respostas, com base em nossas aulas:
  1. Não há confirmação de que o príncipe regente tenha levantado a espada; as roupas 'de gala' não condizem com o momento (uma longa viagem).
  2. Provavelmente mulas eram utilizadas para transporte e não magníficos cavalos como os mostrados na obra.
  3. A 'Casa do Grito', como ficou conhecida, não existia na época da Independência (ao menos não há comprovação disso).
  4. Além de não haver participação popular no processo da Independência, também não há comprovação de que havia representantes das camadas mais pobres no momento em que a separação da metrópole foi proclamada.




Quer outras provas de História?
Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.




0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Imprima sua própria tabela da Copa do Mundo do Brasil Fifa 2014

00:15 Junior Lopes 2 Comentários

Aqui tem uma imagem da tabela da Copa Fifa 2014


Tabela Copa do Mundo Fifa 2014

Atualizada até os jogos do dia 14 de junho





Se você entrou no clima da Copa do Mundo e gosta de fazer suas próprias anotações sobre os resultados dos jogos, essa tabela pode ser bastante útil.
A tabela já está atualizada com os resultados até o dia 23 de junho e as oitavas de final que já se definiram (os demais, é claro, precisam ser preenchidos manualmente).

Basta clicar na imagem abaixo, fazer download para seu computador e imprimir no tamanho que quiser. Na verdade a imagem está no tamanho A4 (um sulfite tradicional), então você pode imprimir neste tamanho ou diminuir para o tamanho que quiser.
Bons jogos a todos!


Aqui tem uma imagem com link para a tabela da Copa






2 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova de História - 8º ano - 2º Bimestre - 2014 - com gabarito

20:48 Junior Lopes 0 Comentários

Prova de História - 8º ano - 2º bimestre

Prova de História

8º ano B e C - 2º bimestre


Colégio Olavo Bilac


Clique aqui para fazer o download da prova no Mega.
Quer armazenar seus arquivos 'nas nuvens', no Dropbox? Basta clicar aqui.

Quer outras provas de História? Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


Gabarito:

Exercício 1:
Consulado e Império

Exercício 2:
O aluno pode citar a fundação do Banco da França, a criação do Código Civil Napoleônico, criação de uma nova Constituição, reorganização do sistema financeiro nacional, com a criação de uma nova moeda, o Franco, reaproximação com a igreja católica, entre outras.

Exercício 3:
O aluno pode citar que Napoleão decretou o Bloqueio Continental com o objetivo de enfraquecer  a Inglaterra economicamente. O Bloqueio impedia os países do continente europeu de realizarem transações comerciais com a Inglaterra.

Exercício 4:
Alternativa B

Exercício 5:
Alternativa C

Exercício 4*:
Alternativa B

Exercício 5*:
Alternativa E

*A numeração da prova ficou errada, por isso aparecem dois exercícios 4 e dois exercícios 5.

Exercício 6:
Alternativa D

Exercício 7:
O aluno deve citar que, em decorrência da desobediência russa ao Bloqueio Continental, Napoleão marchou com um exército de mais de meio milhão de soldados rumo à Rússia, sendo no entanto derrotado por uma estratégia russa que decidiu não enfrentar o exército napoleônico, mas recuar e por fogo em tudo que ficava para trás. Quando as tropas napoleônicas chegaram, comemoraram vitória mas não tinham providências, sendo praticamente dizimados pela fome e pelo frio.

Exercício 8:
(B) Artesanato: Fase que compreende a produção feita basicamente por uma única pessoa, que domina todo o processo de produção, desde a aquisição da matéria prima até a venda do produto final.
(C) Manufatura: Fase na qual também não se utiliza máquinas mas a produção passa por um processo de divisão social do trabalho, acelerando o processo produtivo.
(A) Maquinofatura: A produção passa a ter a utilização de máquinas, que substituem parte do trabalho humano.

Exercício 9:
Alternativa C

Exercício 10:
O processo de acumulação de capital, propiciado, entre outros fatores, pelo colonialismo, pela prática da pirataria ou corsoaria, pelo domínio do tráfico de escravos, pelos cercamentos, pela presença de matéria prima...

Exercício 11:
(S)
(A)
(C)

Exercício 12:
Burguesia industrial e proletariado.




Quer outras provas de História?
Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova de História - 9º ano - 2º bimestre - 2014 - com gabarito

00:58 Junior Lopes 0 Comentários

Prova 9º ano - História - 2º bimestre


Prova de História

9º ano - 2º bimestre


Prova para download e gabarito


Clique aqui para fazer o download da prova no Mega.
Quer armazenar seus arquivos 'nas nuvens', no Dropbox? Basta clicar aqui.

Quer outras provas de História? Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


Gabarito:

Exercício 1:
Alternativa D

Exercício 2:
Alternativa E

Exercício 3:
Alternativa C

Exercício 4a:

Como debatido previamente em sala, espera-se que o aluno inicie sua explicação citando a indicação de Washington Luis de outro paulista como candidato à presidência da República, quebrando assim o chamado "Café com leite", passando pelo processo eleitoral de 1930, o assassinato de João Pessoa e, finalmente, o golpe que colocou Getúlio Vargas no poder.

Exercício 4b:

O aluno pode grifar o parágrafo que começa com "Mas, com a crise mundial..." ou o seguinte, que começa com "Em 1929,...".

Exercício 4c:
Opção i

Exercício 5:
O aluno deve citar os acordos políticos existentes entre as oligarquias de São Paulo e Minas Gerais para manterem-se no poder, destacando ainda que o golpe de 1930, segundo os que defendem uma versão revolucionária do fato, foi o grande responsável pela quebra do poder das oligarquias.

Exercício 6:
Alternativa D

Exercício 7:
Destacando a importância no café na economia brasileira da época, o aluno deve enfatizar o fato de que os EUA diminuíram drasticamente a compra do nosso café, afetando inclusive outros setores da economia, que eram, direta ou indiretamente, ligados à cafeicultura.

Exercício 8:
(V)
(V)
(V)
(V)
(V)
(F)
(F)
(F)
(F)
(F)

Exercício 9:
Alternativa B



Quer outras provas de História?
Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.



0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova de História - 7º ano - 2º bimestre - 2014 - com gabarito

23:54 Junior Lopes 0 Comentários

Prova de História - 7º ano


Prova de História

7º ano - 2º bimestre


Prova para download e gabarito


Clique aqui para fazer o download da prova no Dropbox.
Quer armazenar seus arquivos 'nas nuvens', no Dropbox? Basta clicar aqui.

Quer outras provas de História? Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


Gabarito:

Exercício 1:
Para explicar a decadência do feudalismo, o aluno deve citar a fome e as crises do século XIV, a peste, a Guerra dos Cem Anos e os renascimentos urbano e comercial. Todos fatores que, em conjunto, colaboraram para o surgimento de uma nova organização da sociedade, fortalecido pela formação dos Estados Nacionais e da união entre reis e burguesia, além do (re)surgimento de novas rotas comerciais que ligavam a Europa ao Oriente e ao oceano Atlântico.

Exercício 2:
Entre os principais fatores, o aluno pode citar a localização geográfica de Portugal, a expulsão dos muçulmanos, a formação do Estado Nacional Português, a união entre a realeza e a burguesia, o forte investimento na navegação.

Exercício 3:
O aluno pode citar a diferença temporal entre o início das grandes conquistas marítimas portuguesas (início do século XV) e espanholas (final do século XV); pode citar o rumo das navegações (enquanto portugueses navegavam para o Sul tentando contornar o continente africano para chegar às Índias, os espanhóis navegavam para Oeste tentando fazer uma viagem de circunavegação no planeta com o mesmo objetivo); pode citar que, mesmo saindo tardiamente, os espanhóis conseguiram chegar a um novo continente, enquanto os portugueses oficialmente atingiram novas terras somente em 1500.

Exercício 4:

Alternativa A

Exercício 5:

(V)
(V)
(V)
(V)

Exercício 6 - I:
Alternativa A

Exercício 6 - II:
Alternativa B

Exercício 6 - III:
Alternativa C

Exercício 6 - IV:
Alternativa A

Exercício 6 - V, VI, VII, VIII:
Aqui tem a resposta do exercício 6


Exercício 6 - IX:
Oceano Atlântico

Exercício 7:
Alternativa D


Quer outras provas de História?
Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova de História - 6º ano - 2º bimestre - 2014 - com gabarito

23:47 Junior Lopes 0 Comentários

Prova de História - 6º ano


Prova de História

6º ano - 2º bimestre


Prova para download e gabarito


Clique aqui para fazer o download da prova no Dropbox.
Quer armazenar seus arquivos 'nas nuvens', no Dropbox? Basta clicar aqui.

Quer outras provas de História? Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


Gabarito:

Exercício 1:
Aqui tem a resposta do exercício 1

Exercício 2:
A base da economia fenícia era o comércio marítimo que se desenvolveu devido às dificuldade em se praticar a agricultura em sua região, que sofria com a pouca fertilidade. Esse comércio também foi facilitado pela localização geográfica dos fenícios, banhados pelo mar Mediterrâneo.

Exercício 3a:
A matemática foi desenvolvida pelos fenícios pois era essencial na prática do comércio na realização de cálculos e controle de seus produtos.

Exercício 3b:

A astronomia foi desenvolvida pelos fenícios para facilitar o controle da navegação por meio da utilização dos astros como forma de orientação. Além disso também desenvolveram a observação dos astros para controlar a agricultura praticada nas poucas áreas possíveis.

Exercício 3c:

O alfabeto fonético, muito mais simples que as escritas cuneiforme ou hieroglífica, facilitavam o registro da contabilidade fenícia, essencial para o sucesso das navegações comerciais.

Exercício 4a:
Aqui tem a resposta do exercício 4a


Exercício 4b:
Cartago

Exercício 5:
Alternativa D

Exercício 6:
Alternativa A

Exercício 7:
Alternativa C


Quer outras provas de História?
Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova de História - 9º ano A e D - 2º bimestre - com gabarito.

17:30 Junior Lopes 0 Comentários

Prova de História - 9º A


Prova de História. 

9º ano A e D - 2º bimestre. 


Observação: as provas são iguais (9º A e 9º D), portanto ignore o cabeçalho. 


Clique aqui para fazer o download da prova no Mega.
Quer armazenar seus arquivos 'nas nuvens', no Dropbox? Basta clicar aqui.

Quer outras provas de História? Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


Gabarito:

Exercício 1:
O aluno deve destacar as imposições feitas pelos países vencedores, principalmente à Alemanha, colocando-a em uma situação humilhante e acendendo um sentimento revanchista, que será reforçado com o surgimento do totalitarismo, sendo um dos motivos que leva à eclosão da 2ª Guerra Mundial.

Exercício 2:
(V)
(F)
(F)
(V)
(F)

Exercício 3:
Seguindo o enunciado, o aluno pode apenas 'citar' os motivos de cada um:
EUA: Entraram para o conflito após o ataque japonês a Pearl Harbor.
URSS: Entraram para o conflito depois que Hitler rompeu o Pacto Germânico-Soviético e invadiu a URSS.

Exercício 4:
Alternativa E

Exercício 5:
O aluno deve identificar na charge uma referência ao pacto germano-soviético de não agressão, assinado em 1939 pelos dois líderes. A charge faz, no primeiro quadrinho uma insinuação de que ambos demonstravam ser pacíficos entre si mas tinham, no entanto, segundas intenções. Enquanto Hitler queria limitar suas frentes de batalha, Stálin precisava se organizar melhor militarmente. Já no segundo quadrinho da charge, ambos mostram suas verdadeiras intenções, fazendo referência ao confronto entre ambas as nações após os ataques de Hitler à URSS, quebrando o pacto assinado anteriormente.

Exercício 6:
(F)
(V)
(V)
(V)
(F)

Exercício 7:

Alternativa D

Exercício 8:

Alternativa A

Exercício 9:
Alternativa D


Quer outras provas de História?
Utilize o menu no início desta página ou clique aqui.


0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!