Dia do Desafio 2012

16:22 Junior Lopes 0 Comentários


O Dia do Desafio é um evento mundial que incentiva a prática regular de atividades físicas, demonstrando os benefícios à saúde. O objetivo do evento, que acontece sempre na última quarta-feira do mês de maio, é mobilizar o maior número possível de pessoas em todo o mundo, dando uma força contra o sedentarismo.
Ao participarem, as cidades competem entre si e, em 2012, nossa cidade, Sertanópolis, enfrenta a cidade guatemalteca de San Bartolomé Jocotenango.
A participação simbólica do Colégio Construindo o Saber no Dia do Desafio 2012 foi marcada por uma caminhada. Confira as fotos.

0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

17:00 Junior Lopes 0 Comentários




Prova e gabarito de História - 3º Ano (Ensino Médio)- 2º bimestre

Clique aqui para baixar a prova.


Clique aqui para acessar mais provas de História para o Ensino Médio, algumas com gabaritos.


Conteúdo:

Geral: A Alta Idade Média 
Brasil: A crise do sistema colonial; A crise do Antigo Regime.


Gabarito:
*** As questões dissertativas apresentam somente sugestões de respostas, podendo variar conforme a exposição do aluno.

1. C


2. Carlos Magno dividiu o vasto território que conquistou em cerca de trezentos condados governados por condes. Nas áreas fronteiriças foram criadas unidades administrativas denominadas marcas. Seus administradores, geralmente nobres locais, eram conhecidos como marqueses. Havia ainda entre a nobreza de confiança do imperador os duques, que tinham o poder de convocar e comandar os exércitos de vários condados. Juntos, alguns condados formavam um ducado. Carlos Magno supervisionava o trabalho de condes, marqueses e duques por meio de agentes imperiais, os missi dominici, que tinham plenos poderes para resolver problemas considerados difíceis e ouvir as queixas da população.

3. O aluno deve demonstrar que compreendeu a questão do fraco poder real, ligado a uma descentralização  e como o poder feudal se baseava nas relações de suserania e vassalagem, bem como no papel da Igreja.


4. A



5. B



6. C



7. O aluno deve demonstrar que compreendeu a questão econômica colonial que levou às rebeliões citadas no enunciado do exercício, diferenciando as rebeliões nativistas (ligadas ao processo de crise econômica colonial, com questões locais vinculadas à exploração metropolitana, sem no entanto buscar o fim do pacto colonial) das rebeliões emancipacionistas (que além de relacionarem-se com as questões econômicas locais, estavam também ligadas aos princípios iluministas, com propostas separatistas).



8. D



9. E



10. B



Clique aqui para acessar mais provas de História para o Ensino Médio, algumas com gabaritos.

-----
Fonte:

Imagem: thephotoholic

Postagem programada

0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Recordando... Os trabalhos de História e Geografia com o Professor Júnior

14:00 Junior Lopes 0 Comentários


Recordações...

Como sou professor no CCS há aproximadamente quinze semanas (tudo bem, são quinze anos, provavelmente você ainda nem tinha nascido), acumulei muitos momentos bons com meus alunos. Seja nos trabalhos mais malucos que passaram pela minha cabeça e foram levados à frente, com muita coragem, pelos alunos (tudo pela nota, não é mesmo?), nas aulas, nos intervalos, nas festas... em qualquer momento, sempre vou ter todos guardados no meu coração. Isso mesmo todos, até você, que está lendo e pensando: será?
É claro que os alguns desses momentos podem ser considerados verdadeiros micos pelos alunos, mas para mim são momentos da minha própria história, da história do CCS e da história de cada um que passou pelo Colégio.
Então, para recordarmos esses momentos, de tempos em tempos postarei alguns dos trabalhos que fizemos. Hoje começaremos de leve, com vídeos que não comprometem ninguém, mas logo vocês verão alguns bem hilários, viu Sibele! Me aguarde!

Vamos lá... os vídeos abaixo foram feitos para um trabalho de Geografia (só não me lembro o assunto do trabalho), em uma técnica conhecida como stop motion. O ano era 2009, a turma era a 6ª série e hoje eles estão no 1º ano do Ensino Médio. São três vídeos dos alunos e um feito pelo professor. Assistam, relembrem e deixem seus comentários.


0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Pérolas 12005

14:00 Junior Lopes 1 Comentários



Essas demoraram um pouco, mas aí estão: mais Pérolas para sua diversão... e reflexão, afinal, sua resposta pode aparecer aqui a qualquer momento.
Lembre-se: a transcrição é sempre fiel à resposta original.
...

Se alguém entender essas verdadeiras Pérolas, por favor, me explique...


  • “A mulher hoje em dia tem muitos direitos, pois cada vez mais os homens fazem as mulheres sofrer.”
  • "A democracia atual brasileira permite que 100% da população total brasileira seja livre para votar, criticar, ajudar e tudo o que é de direito."
  • “O período neolítico era de extrema rusticagem.”
  • "Antigamente a coisa eram mais dificeis e e mais facil."
  • "Porque como sendo republicano ou monarquista continuaria sendo soldado militar do mesmo geito, só mudaria se eu fosse monarquista ou republicana... Eu não sei te explicar..."






Estão vendo... eu sofro... mas me divirto!

Um abraço!

1 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Conteúdos para as provas do Ensino Médio - 2º bimestre

18:04 Junior Lopes 0 Comentários

Conteúdos para as provas de História do Ensino Médio - 2º bimestre



Clique aqui para acessar provas de História para o Ensino Médio, algumas com gabaritos.


1º Ano
O Império Bizantino
Os Árabes



2º Ano
Emancipação política do Brasil: a regência de D. Pedro
O Primeiro Reinado
O período Regencial



3º Ano
Geral:
 A Alta Idade Média

Brasil:
A crise do sistema colonial
A crise do Antigo Regime



Estudem bastante e bom final de semana!



Clique aqui para acessar provas de História para o Ensino Médio, algumas com gabaritos.


-----
Fonte:
imagem: thephotoholic

0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova e gabarito de História - 9º Ano - 2º bimestre

09:09 Junior Lopes 3 Comentários



Prova e gabarito de História - 9º Ano - 2º bimestre





Conteúdo: Os EUA no período entre guerras; Cresce a intolerância: fascismo na Itália, nazismo na Alemanha.

Gabarito:
Exercício 1
Entre algumas medidas, podemos citar investimentos em setores básicos da economia, criação de políticas de emprego, busca de melhorias sociais, controle da emissão monetária.

Exercício 2
Alternativa 'C'

Exercício 3
Alternativa 'D'

Exercício 4
Alternativa 'E'

Exercício 5
O aluno deve demonstrar que compreendeu o processo industrial estadunidense no período posterior à Primeira Guerra Mundial e anterior à Crise de 1929, destacando o rápido desenvolvimento do setor.

Exercício 6
Alternativa 'E'

Exercício 7
Alternativa 'C'

Exercício 8
O texto apresenta conceitos presentes no nazismo como o autoritarismo (quando o Estado excede a autoridade que lhe foi atribuída), o racismo (que colocava os alemães como uma 'raça' superior a qualquer outra), o nacionalismo (sentimento de valorização do Estado alemão) e o expansionismo (que expressa o desejo e a necessidade do Estado alemão em expandir seus domínios, como é o caso da Ucrânia, demonstrado no texto), que devem ser citados e explicados pelo aluno.

Exercício 9
O aluno deve demonstrar que compreendeu o processo de desenvolvimento e fortalecimento dos ideais nazistas em relação às questões raciais e os desdobramentos que esses princípios trazem até os dias de hoje.

Exercício 10
Alternativa 'D'


Clique aqui para acessar mais provas de História, algumas com gabaritos.


-----
Fonte:

Imagem: thephotoholic

3 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova e gabarito de História - 8º Ano - 2º bimestre

08:46 Junior Lopes 0 Comentários



Prova e gabarito de História - 8º Ano - 2º bimestre


Clique aqui para baixar a prova do 8º  ano no 4shared.

Clique aqui para acessar mais provas de História, algumas com gabaritos.


Conteúdo: O período Joanino; Ideias e movimentos revolucionários no século XIX.

Gabarito:
Exercício 1
O aluno deve demonstrar que compreendeu o processo que envolve o Bloqueio Continental criado por Napoleão Bonaparte e a vinda da Família Real Portuguesa ao Brasil, bem como os interesses econômicos ligados à Inglaterra.

Exercício 2
O aluno deve citar as mudanças realizadas no Brasil durante o período Joanino, como ariação do Banco do Brasil, a transformação do Brasil em sede do reino, a criação das escolas de medicina; modernização do Rio de Janeiro, investimentos em cultura e ciência, entre outras.

Exercício 3
Você deve estar se perguntando por que essa viagem, que aconteceu há bastante tempo, tem tanta importância nos dias de hoje. 
Pois bem, naquela época, o Brasil ainda era uma colônia de Portugal. Tudo o que produzíamos era enviado à metrópole. Não podíamos fazer comércio com outros países, nem ter nossas próprias moedas, jornais e livros. Além do isolamento, faltavam boas estradas e moradia para a população. 
Quando a família real portuguesa veio para cá, uma nova era na história do Brasil começou. (…) 
Mas não pense você que esse episódio trouxe apenas conseqüências positivas. Só o fato de termos sido colonizados por Portugal fez com que herdássemos muitas coisas ruins. Coisas que a família real não mudou em sua passagem por aqui. Algumas ainda são grandes problemas para o Brasil. As diferenças sociais causadas por relações injustas de poder e pela escravidão, a falta de boas condições de vida para os mais pobres e a corrupção, que era comum em Portugal, são algumas das heranças negativas daquela época com as quais ainda convivemos hoje.

Exercício 4
Alternativa 'D'

Exercício 5
O aluno deve relacionar a Abertura dos Portos aos interesses econômicos portugueses e ingleses e à eliminação do pacto colonial, já que tal processo permitia que o Brasil realizasse comércio com 'outras' nações além da portuguesa.

Exercício 6
Alternativa 'B'

Exercício 7
Alternativa 'D'

Exercício 8
Alternativa 'E'

Exercício 9
a) De forma bem simplificada, o aluno deve demonstrar que entendeu o processo de oposição do ideal iluminista aos interesses absolutistas, que colocava a razão como instrumento de reflexão que levaria a uma melhoria das condições de cada indivíduo, sem qualquer tipo de opressão à liberdade.

b)Também de forma simplificada, o aluno deve demonstrar que compreendeu a oposição iluminista às práticas mercantilistas, criticando a exploração, o acúmulo de metais preciosos e a intervenção do Estado, que deveria ser substituída pela intervenção humana para que se alcançasse a prosperidade.


Exercício 10
(D)
(A)
(B)
(C)


Clique aqui para acessar mais provas de História, algumas com gabaritos.


-----
Fonte:

Imagem: thephotoholic

0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova e gabarito de História - 7º Ano - 2º bimestre

01:28 Junior Lopes 2 Comentários



Prova e gabarito de História - 7º Ano - 2º bimestre


Clique aqui para baixar a prova do 7º  ano no 4shared.

Clique aqui para acessar mais provas de História, algumas com gabaritos.


Conteúdo:A igreja e os conflitos feudais na Idade Média (parcial); O início da Idade Moderna e a formação dos Estados Nacionais; Renascimento (parcial)

Gabarito:
Exercício 1
Expedições militares formadas sob o comando da igreja e organizadas pelos nobres, com o objetivo de retomar as terras de jerusalém das mãos dos mouros. As Cruzadas não conseguiram seus principais objetivos e, além disso,enfraqueceram a aristocracia feudal, fortaleceram o poder real, a expandiram o comércio com o Oriente. Tudo isso acabou por favorecer a crise do feudalismo.

Exercício 2
Alternativa 'B'

Exercício 3
Após a morte de Carlos IV da França, houve uma disputa pela sucessão do trono entre Eduardo III, então rei da Inglaterra e Filipe VI, francês. Devido à lei Sálica, que impedia a continuidade dinástica pela linhagem materna, Eduardo III perdeu o direito ao trono, que passou para Filipe VI. Inicialmente Eduardo III aceita a decisão porém, interesses territoriais colocam ambos em desentendimentos que resultam na Guerra dos Cem anos.

Exercício 4
Alternativa 'C'

Exercício 5
O aluno deve optar por uma das monarquias nacionais modernas e explicá-la com base nos trabalhos em sala realizados durante o bimestre .

Exercício 6
Alternativa 'D'

Exercício 7
O comércio desenvolvido pela região com o Oriente; o contato com resquícios da cultura greco-romana na região.

Exercício 8
Alternativa 'E'

Exercício 9
(C)
(H)
(I)
(A)
(R)

Exercício 10
Horizontal
4. PORTUGAL
6. BURGUESIA
8. AVIS
9. CAPETÍNGIA
10. CASTELA

Vertical
1. RICARDO CORAÇÃO DE LEÃO
2. MAGNA CARTA
3. GUERRAS DE RECONQUISTA
5. IBÉRICA
7. ESPANHA


Clique aqui para acessar mais provas de História, algumas com gabaritos.

-----
Fonte:

Imagem: thephotoholic

2 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Prova e gabarito de História - 6º Ano - 2º bimestre

00:54 Junior Lopes 4 Comentários

Provas de História

Prova e gabarito de História - 6º Ano - 2º bimestre


Clique aqui para baixar a prova do 6º  ano no 4shared.

Clique aqui para acessar mais provas de História, algumas com gabaritos.


Conteúdo: A civilização egípcia; a civilização mesopotâmica.

Gabarito:
Exercício 1 (clique na imagem para ampliá-la)

Exercício 2
Faixa de terra fértil em meio a regiões desérticas, em formato que lembra uma Lua crescente, abrangendo desde o rio Nilo até o Golfo Pérsico, passando pela Mesopotâmia.

Exercício 3
(F)
(V)
(F)
(F)
(V)

Exercício 4 (clique na imagem para ampliá-la)

Exercício 5
A Pedra de Roseta é importante por ter auxiliado a desvendar a escrita hieroglífica. Encontrada no Egito por Napoleão Bonaparte, a Pedra de Roseta contém um mesmo texto em três escritas: grega, demótica e hieroglífica.

Exercício 6
a) Ambas apresentam religiões politeístas, dependem de rios para o sustento, baseiam-se na agricultura e na servidão coletiva dos meios de produção

b) No caso do Egito, o faraó era um deus na Terra, enquanto o patesi era um representante de deus na Terra; os egípcios acreditavam na vida após a morte, enquanto os mesopotâmicos se preocupavam mais com a vida terrena.

Exercício 7
Já que o Estado era o proprietário das terras, a população era levada a trabalhar e realizar serviços nessas terras sem que recebessem nada em troca, servindo ao próprio deus (faraó) ou seu representante (patesi).

Exercício 8
Egito
Horizontal
2. PAPIRO
4. HUMUS
6. HERÓDOTO
8. FARAÓ
9. MENÉS
10. SARCÓFAGO

Vertical
1. PIRÂMIDE
3. ESCRIBAS
5. TEOCRACIA
7. NOMOS

Mesopotâmia
Horizontal
4. AGRICULTURA
6. ZIGURATE
10. TORRE DE BABEL

Vertical
1. ASSÍRIOS
2. ÁSIA
3. POLITEÍSTAS
5. SUMÉRIOS
7. NÍNIVE
8. IRAQUE
9. PATESI


Clique aqui para acessar mais provas de História, algumas com gabaritos.


-----
Fonte:

Imagem: thephotoholic

4 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Sertanópolis - 78 anos

14:00 Junior Lopes 2 Comentários

sertanópolis aniversário

Sertanópolis já está em clima de festa pelas comemorações de seus 78 anos e o Colégio Construindo o Saber também se prepara para as festividades. No caso das turmas de 6º a 9º anos do Ensino Fundamental, um projeto de História e Geografia busca recuperar a história familiar dos alunos por meio daquelas fotos que ficam guardadas em casa e que não são compartilhadas. Assim que for finalizado, o resultado do projeto será publicado aqui no professorjunioronline.com. Além disso o pessoal do Terceirão já está mobilizado para a barraca do CCS na Feira do Milho, um sucesso que se repete ano a ano. 
Enquanto as comemorações não chegam, conheça um pouco mais sobre nosso município:



Documentário em comemoração aos 76 anos de Sertanópolis:


Ouça o Hino de Sertanópolis clicando no player abaixo:
Hino - Sertanópolis by professorjunior
Clique aqui e baixe o Hino de Sertanópolis para o seu computador.


Letra do Hino de Sertanópolis:
Autoria: Letra: Pe César Bano Música: José Guerini

Salve! Salve, cidade ubertosa,
Luminar de bravura e valor:
salve, orgulho de gente operosa,
Sertanópolis, d'alva fulgor!

Sertanópolis, terra florida,
deste norte cidade primeira,
duma imensa floresta nascida,
do trabalho tu foste pioneira.
Tibagi noite e dia relata
a gloriosa tua história da mata.

Quando a serra e o machado cantando
os filhotes da onça acordava,
de veneno sua flecha encharcando,
da tua taba o selvagem migrava.
Foi com lágrimas, sangue, esperança
que o empolgante progresso se avança.

Desta Pátria risonho recanto,
o diadema que te trança a flora,
as tuas frutas, teus brincos d'encanto
te proclamam formosa senhora:
sobre o manto de messes, de flores
o sol brilha em múltiplices cores.

Teu pacífico bronze sagrado,
de três séculos teste da história,
o titânico esforço engendrado
narre ao mundo e a façanha de glória.
Diga àquele que indaga sua sorte
que é da mente e do braço este norte.

2 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Confira fotos dos alunos do CCS no teatro itinerante

14:39 Junior Lopes 0 Comentários

Confira as fotos dos alunos do Ensino Fundamental do Construindo o Saber no teatro itinerante.

0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Inquisição

00:20 Junior Lopes 0 Comentários


Nas idades Média e Moderna a Igreja Católica perseguiu todos aqueles que contrariavam seus dogmas, utilizando para isso o eficiente sistema do Santo Ofício da Inquisição que perseguia, julgava, acusava e condenava os hereges.
Confira neste link da revista Mundo Estranho os passos que levavam às punições.


Nos vídeos abaixo conheça detalhes da crueldade desse instrumento de perseguição da Igreja Católica.

Lista de reprodução com quatro documentários sobre a Inquisição.



Alguns dos piores instrumentos de tortura utilizados pela Inquisição
colocados à prova com conhecimento e tecnologia atuais.




Malleus Maleficarum ou Martelo das Bruxas, foi uma espécie de
manual para os torturadores do Santo Ofício da Inquisição
identificarem, julgarem e condenarem as bruxas.
Conheça mais sobre essa obra macabra.



-----
Fonte:
Imagem: Wikimedia Commons

0 comentários:

Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

Um abraço do professor Júnior!

Semana Conjunta de História e Geografia

00:26 Junior Lopes 5 Comentários

sertanópolis projeto educacional

Orientações para o projeto Minha Cidade Ontem e Hoje

Obs.: estas orientações estão sujeitas a alterações.
Se tiverem quaisquer dúvidas, deixem comentários a esta postagem.

  • Serão formadas equipes com até quatro (4) alunos em todas as turmas.
  • Cada equipe deverá trazer uma ou mais fotos que retratem espaços urbanos externos da nossa cidade no passado.
  • As fotos devem ser preferencialmente de propriedade da família dos alunos, pois o objetivo do trabalho é resgatar aspectos da história do aluno.
  • O professor selecionará apenas uma foto por equipe.
  • A foto deve ser original e não reprodução de jornais, revistas ou outras fotos.
  • A foto não ficará em posse da escola, será digitalizada e devolvida ao proprietário no mesmo dia.
  • É essencial que a foto tenha alguma datação ou que o proprietário informe a data aproximada da foto.
  • Após escolhida a foto, os alunos deverão buscar informações sobre:
  • o local retratado (igreja, prefeitura, casa localizada no endereço...).
  • as pessoas retratadas (nomes daqueles que aparecem na foto).
  • o motivo da foto (desfile, aniversário, comemorações).
  • Após esta primeira etapa do trabalho, os alunos deverão ir até o local onde a foto original foi tirada e fazer uma nova foto, o mais parecido possível com a foto original.
  • A nova foto deve ser tirada sem nenhum tipo de efeito, com resolução mínima de 2MP e enviada para ccs@professorjunioronline.com
  • Os alunos deverão criar um texto sobre ambas as fotos, utilizando para isso as informações obtidas no momento da pesquisa, além de destacar as transformações ocorridas no local. Para contextualizar seu texto, você pode acessar a lista dos prefeitos de Sertanópolis, dos governadores do Paraná e dos presidentes do Brasil.
  • As equipes deverão acessar o endereço bit.ly/pjr0007 e preencher o formulário com as informações solicitadas (nomes dos alunos participantes, nome completo do proprietário da foto, parentesco do proprietário com o alunos, local da foto, data da foto, texto sobre a pesquisa realizada sobre a foto).
  • Todas as fotos devem ter autorização para uso, bem como o nome do proprietário e o texto que foi criado. Importante: trabalhos sem autorizações serão desconsiderados. Clique aqui para baixar um modelo de autorização.





O valor do trabalho será 3,0. Cada etapa do trabalho terá uma pontuação simbólica. Ao final do trabalho a nota será atribuída conforme a pontuação obtida.

Pontuação
Foto entregue na data:
100 (-10 pontos para cada dia de atraso)

Foto original / reprodução de foto:
100 pontos / 40 pontos

Data da foto:
30 pontos para cada década da foto (ex.: foto de 2010 = 30 pontos; foto de 2004 = 60 pontos; foto de 1995 = 90 pontos; foto de 1983 = 120 pontos...)

Texto completo e bem elaborado:
300 pontos

Preenchimento de todos os dados no site até a data limite:
80 pontos

Foto atual com qualidade / foto atual sem qualidade:
150 pontos / 50 pontos

Foto atual enviada por e-mail até a data limite:
100 pontos (-20 para cada dia de atraso)

Foto atual similar à foto mais velha / Foto atual sem similaridades com a foto mais velha:
150 pontos / 50 pontos


Nota conforme a pontuação

Acima de 1000 pontos:  3,0
901 a 1000 pontos:           2,8
801 a 900 pontos:             2,6
701 a 800 pontos:             2,4
601 a 700 pontos:             2,0
501 a 600 pontos:             1,5
401 a 500 pontos:             1,3
Abaixo de 400 pontos:   0,5         



Cronograma do trabalho

18/05
7º ano: Data para os alunos levarem as fotos mais velhas ao Colégio (lembrem-se de levarem mais de uma foto para o caso de haverem locais repetidos).

21/05
6º ano: Data para os alunos levarem as fotos mais velhas ao Colégio (lembrem-se de levarem mais de uma foto para o caso de haverem locais repetidos).

23/05
8º e 9º anos: Data para os alunos levarem as fotos mais velhas ao Colégio (lembrem-se de levarem mais de uma foto para o caso de haverem locais repetidos).

27/05
Todas as turmas: Data máxima para envio das fotos atuais por e-mail.

30/05
Todas as turmas: Data máxima para preenchimento do formulário on-line, inclusive com o texto final.

05/06
Divulgação do trabalho em professorjunioronline.com


Equipes:

6º Ano

  • Arthur; Thiago Morilha
  • Ana Laura; Sofia Vareschi; Jamile
  • Isadora; Giovana; Sofia Martins
  • João Pedro Pereira; Augusto; Victor
  • João Pedro Pazinato; Rennan; Tiago Henrique
7º Ano

  • José Mario; Henrique; Davi
  • Agatha; Mariana Soares; Julia; Giovanna
  • Pedro Favarão; Jamile; Antonio Carlos; Arthur
  • João Victor; Matheus; Roberto; Pedro Menegueti
  • Isabelle Hernandes; Beatriz; Maria Eduarda; Ana Julia
  • Rafaela; Emiliany; Isabelle Morais; Jéssica
  • Mariana Fernandes; Gabriela; Hugo; Thaieny
8º Ano

  • Monik; Denise; Barbara; Maria Eduarda Pelizaro
  • Julio Filho; Gabriel Rodolfo; Gabriel Angelo; Marcos
  • Débora; Maria Fernanda Trentini; Giovanna; Joiany
  • Julio Osti; Luis Gustavo; João Vitor; Lucas
  • Laiany; Isadora; Maria Fernanda Neves; Danilo
  • Maria Fernanda Campos; Luana; Bruna; Maria Eduarda França
9º Ano

  • Matheus Dalcin; Felipe; Kaio
  • Dieny; Maria Eduarda; Giovanna; Maira
  • Emiliana; Isabella; Ana Elisa; Fábio
  • Lucas; Neto; Matheus Guizelini; Victor Hugo
  • Thaís; Larissa; Edson Fillypi; Isabelly

    5 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!

    Conteúdo das provas de História - Fundamental - 2º Bimestre

    00:48 Junior Lopes 1 Comentários

    6º 7º 8º 9º fundamental história conteúdo provas

    Conteúdo para a prova de História do Ensino Fundamental - 2º bimestre

    Data: 25 de maio de 2012
    Os gabaritos estarão disponíveis aqui no blog a partir das 9h40 do dia da prova.


    Clique aqui para acessar provas de História, algumas com gabaritos.



    6º Ano:
    • Apostila 1
      • Unidade 3 - A civilização egípcia
      • Unidade 4 - As civilizações da Mesopotâmia

    7º Ano:

    • Apostila 1
      • Unidade 2, páginas 27 a 30 - Cruzadas, Guerra dos Cem Anos, Guerra das Duas Rosas
      • Unidade 3 - O início da Idade Moderna e a formação dos Estados Nacionais
      • Unidade 4, páginas 42 a 44 - O Renascimento


    8º Ano:

    • Apostila 1
      • Unidade 3 - O período Joanino
      • Unidade 4 - Ideias e movimentos revolucionários no século XIX


    9º Ano:

    • Apostila 1
      • Unidade 3 - Os EUA no período entre guerras
      • Unidade 4 - Cresce a intolerância: fascismo na Itália, nazismo na Alemanha




    Estudem bastante e boa prova a todos!

    Um abraço!


    Clique aqui para acessar mais provas de História, algumas com gabaritos.


    -----
    Fonte:
    Foto - autor: thephotoholic

    1 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!

    13 de maio - Abolição da escravatura

    16:49 Junior Lopes 0 Comentários


    13 de maio de 1888
    Assinatura da Lei Áurea, que colocava fim à escravidão no Brasil

    No dia 13 de maio de 1888, a princesa Isabel, filha do imperador D. Pedro II e, naquele momento, regente devido a uma viagem do pai, assinou a lei que libertava oficialmente todos os escravos do Brasil, a Lei Áurea. A assinatura dessa lei colocava um ponto final em um dos períodos mais marcantes da História do Brasil, o da escravidão. No entanto, para as pessoas que se tornaram livres, esse ponto final estava mais para reticências, visto que a jornada de luta pela igualdade na sociedade brasileira estava longe do fim. 
    No contexto da época, a libertação dos escravos estava no centro das discussões sociais e econômicas do Brasil e envolvia interesses diversos, desde a própria condição do escravo até os prejuízos dos proprietários de escravos. 
    A assinatura da Lei Áurea, colocando um fim tardio à escravidão brasileira, não deve ofuscar a participação dos escravos na oposição do sistema escravista. Recusa ao trabalho, fugas e revoltas são alguns exemplos que demonstram que o escravo não aceitou passivamente a situação na qual se encontrava. Devemos nos lembrar de que naquele momento tínhamos três principais correntes em relação à escravidão: os emancipacionistas, que queriam um fim gradual da escravidão; os abolicionistas, que queriam o fim imediato da escravidão e; os escravistas, que desejavam a manutenção do sistema ou, no mínimo, uma indenização para os donos de escravos. 
    A assinatura da Lei Áurea pôs fim não só à escravidão, mas a todo um processo que havia se intensificado na segunda metade do século XIX no Brasil, com leis abolicionistas pouco eficientes que tentavam amenizar a situação escravista sem resolvê-la. No entanto, nada disso deve ofuscar a participação dos escravos na oposição ao sistema escravista. Sendo obviamente os mais interessados em sair da situação em que se encontravam, os cativos também mostravam sua insatisfação: recusa ao trabalho, fugas e revoltas são alguns exemplos que demonstram que o escravo não aceitou passivamente a situação na qual se encontrava. 
    A euforia do dia 13 de maio de 1888 logo seria enterrada pela real situação da população negra que, foi jogada e não inserida na sociedade, sem direitos, sem perspectivas e marginalizada. Segundo a historiadora Emília Viotti da Costa, “a abolição libertou os brancos do fardo da escravidão e abandonou os negros à sua própria sorte”.

    Fique por dentro:

    0 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!

    Atlas Digital - Região Metropolitana de Londrina

    14:30 Junior Lopes 0 Comentários

    Atlas Digital Região Metropolitana de Londrina


    Conheça o Atlas Digital da Região Metropolitana de Londrina, excelente fonte de pesquisa, principalmente para os alunos da região citada, que enfrentam dificuldades para obter informações cartográficas locais. Segundo o próprio site, "o Atlas Digital da Região Metropolitana de Londrina faz parte dos esforços dos pesquisadores do IMAP&P/UEL com o intuito de produzir mapas temáticos e textos referentes a RML".
    O Atlas Digital permite acessar informações cartográficas da Região Metropolitana de Londrina e das cidades que a compõem.

    Informações regionais, estaduais e nacionais também podem ser obtidas no site do IBGE: IBGE Cidades@IBGE Estados@IBGE Países@


    -----
    Fonte:
    Atlas Digital - Região Metropolitana de Londrina
    © BARROS, M. V. F. B.; BARROS, O. N.; POLIDORO, M.; PEREIRA, A. C. F. Atlas Digital da Região Metropolitana de Londrina. ISBN: 9788598054100. Publicação on line. Grupo IMAP&P - Imagens, Paisagens & Personagens. Universidade Estadual de Londrina. 2011.



    Postagem agendada

    0 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!

    Os Símbolos Nacionais

    15:00 Junior Lopes 0 Comentários

    Símbolos nacionais brasil

    Segundo o site governamental planalto.gov.br, "os símbolos e hinos são manifestações gráficas e musicais, de importante valor histórico, criadas para transmitir o sentimento de união nacional e mostrar a soberania do país. Segundo a Constituição, os quatro símbolos oficiais da República Federativa doBrasil são a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, o Brasão da República e o Selo Nacional. Sua apresentação e seu uso são regulados pela Lei n. 5.700 de 1º de setembro de 1971".

    Bandeira Nacional
    bandeira nacional brasil
    Nossa atual bandeira foi criada após a Proclamação da República, em 1889, com o objetivo de ressaltar o novo momento histórico. Inspirada na Bandeira do Império, que havia sido criada por Jean Baptiste Debret, foi projetada por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos e teve desenho de Décio Vilares, sendo aprovada pelo Decreto nº 4, de novembro de 1889.

    Brasão de Armas
    Brasão de armas brasil



    Desenhado pelo engenheiro Artur Zauer, sob encomenda do presidente Deodoro da Fonseca, o Brasão de Armas tem um escudo azul-celeste, apoiado sobre uma estrela de cinco pontas, com uma espada em riste, rodeado por uma coroa formada de um ramo de café frutificado e outro de fumo florido sobre um resplendor de ouro. O uso do brasão é obrigatório pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, pelas Forças Armadas e está presente em todos os prédios públicos.

    Selo Nacional
    selo nacional brasil

    Baseado na esfera da Bandeira Nacional, é formado por um círculo com os dizeres “RepúblicaFederativa do Brasil”. É usado para autenticar os atos de governo, os diplomas e certificados expedidos por escolas oficiais ou reconhecidas.


    Hino Nacional
    Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
    De um povo heróico o brado retumbante,
    E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
    Brilhou no céu da pátria nesse instante.


    Ao contrário da atual Bandeira Nacional, aprovada logo após a Proclamação da República, nosso Hino teve a música criada originalmente em homenagem à Independência do Brasil, em 1822,  pelo maestro Francisco Manoel da Silva e foi conservada por meio do Decreto nº 171, de 1890, já na República. A letra atual do hino, no entanto, só foi oficializada por meio do Decreto nº 15.671, de setembro de 1922, às vésperas do primeiro centenário da Independência e mais de trinta anos após a Proclamação da República. Neste intervalo, o Hino era cantado com as mais diversas letras e a que foi oficializada foi escrita por Osório Duque Estrada em 1909.

    A lei nº 5700, de 1º de setembro de 1971 dispõe sobre a forma e a apresentação dos Símbolos Nacionais, esclarecendo as ocasiões e locais onde cada um dos símbolos deve ser utilizado, além de instruir como cada um deles deve ser desenhado, confeccionado ou, no caso do hino, entoado. 

    Nos links abaixo você pode ter acesso aos Símbolos:

    Se tiver qualquer problema com os links, por favor, deixe um comentário nesta postagem.


    -----
    Fonte:
    planalto.gov.br

    *****Postagem programada

    0 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!

    Atividade - Constituições do Brasil - 2º Ano - Médio

    15:00 Junior Lopes 5 Comentários


    Análise de texto.

    Atividade realizada em sala, para o 2º Ano do Ensino Médio.

    Ao final do primeiro bimestre, estudamos os primeiros momentos do Império brasileiro e temos contato com nossa primeira Constituição, a Constituição Imperial de 1824. Após uma aula de contextualização da Constituição de 1824, os alunos foram levados a conhecer o texto da mesma. Como seria inviável a leitura integral da Constituição, foram selecionados alguns itens para que os alunos pudessem perceber a grande diferença daquele momento para o atual. Para completar, também foram selecionados alguns itens da nossa atual Constituição para que os alunos pudessem conhecê-la.
    Depois disso foram apresentadas algumas questões para que os alunos desenvolvessem em sala (em duas aulas).
    Clicando nas imagens abaixo você tem acesso a uma versão online das Constituições e clicando nos links abaixo das imagens, você pode fazer o download das mesmas. Na sequência, você tem acesso às questões que foram respondidas pelos alunos.

    Clique na imagem abaixo para ler a Constituição de 1824 online.
    Constituição Imperial do Brasil de 1824



    Clique na imagem abaixo para ler a Constituição de 1988 online.
    Constituição da República Federativa do Brasil de 1988


    Questões:

    1. (UFRJ) A primeira e única Constituição brasileira do Império foi a de 1824. Após dissolver a Assembléia Constituinte, em 12 de novembro de 1823, D. Pedro I nomeou um Conselho de Estado composto por dez membros, o qual redigiu a Constituição, incorporando inúmeros artigos do anteprojeto do grupo conservador da Constituinte. A Constituição foi outorgada pelo Imperador em 25 de março de 1824. Estabelecia-se, assim, um sistema político calcado em diversas restrições ao pleno exercício do voto.
    a) Cite dois segmentos sociais que, junto com os escravos, estavam impedidos de votar nas eleições primárias (paroquiais), que escolhiam os eleitores de cada uma das províncias do Império.
    b) Para ser um eleitor nos Colégios Eleitorais que, no segundo turno, escolhiam os Deputados e Senadores, as exigências aumentavam. Indique um requisito necessário à capacitação desse tipo de eleitor.

    2. (UFRRJ) "Ora, dizei-se: não é isto uma farsa? Não é isto um verdadeiro absolutismo, no estado em que se acham as eleições no nosso país? (...) O poder moderador pode chamar a quem quiser para organizar ministérios; esta pessoa faz a eleição porque há de fazê-la; esta eleição faz a maioria. Eis, aí está o sistema representativo do nosso país!" (Nabuco de Araújo, discurso ao Senado (17/07/1868), citado no Manifesto Republicano de 1870.)
    Tido como ponto de partida para o movimento de 15/11/1889, o Manifesto, em sua crítica ao funcionamento das instituições políticas do Império, questiona o Poder Moderador e o sistema parlamentar vigentes na época.
    a) Aponte o responsável pelo exercício do Poder Moderador, segundo a Constituição de 1824.
    b) Explique, a partir do texto, o porquê de diversos historiadores considerarem o sistema parlamentar brasileiro, de então, um "parlamentarismo às avessas."

    3. (PUC-PR) Dentre as características da Carta Imperial de 1824, outorgada por D. Pedro I, NÃO está incluído ou incluída:
    a) o voto universal e secreto.
    b) o exercício do Poder Moderador pelo monarca.
    c) a forma unitária do Estado.
    d) o casamento apenas religioso, com efeitos civis.
    e) a divisão do território nacional em Províncias.

    Resposta: a

    4. (UFSC)
    "Título III: Dos Poderes e Representações Nacionais.
    Artigo 10. - Os poderes políticos reconhecidos pela Constituição do Império são quatro: o poder legislativo, o poder moderador, o poder executivo e o poder judicial. Artigo 98 - O poder moderador é a chave de toda a organização política, e é delegado privativamente ao Imperador, como chefe supremo da Nação e seu primeiro representante, para que incessantemente vele sobre a manutenção da independência, equilíbrio e harmonia dos demais poderes políticos (...)" A Constituição outorgada por D. Pedro I em 1824 afastava as camadas populares da vida política ao condicionar a participação política à renda; além disso, apresentava a novidade do "Poder Moderador".
    Sobre essa constituição, é CORRETO afirmar que:
    (01) o poder legislativo era formado por um Senado vitalício e por uma Câmara de Deputados com mandato de três anos. Os Senadores eram escolhidos pelo Imperador, a partir de uma lista tríplice, apresentada pelas províncias.
    (02) o poder judiciário era exercido por Juízes de Direito e por um Supremo Tribunal de Justiça, cujos magistrados eram escolhidos pelo Imperador.
    (04) embora fosse grande a concentração de poderes nas mãos do Imperador, não houve contestação a essa centralização porque o que predominava, na época, eram os ideais absolutistas.
    (08) o poder moderador exercido, exclusivamente, pelo Imperador, era o mecanismo que lhe permitia intervir nos demais poderes impondo sua vontade e seus desejos absolutistas. 
    (16) o catolicismo, declarado religião oficial do Império, era regulado pelo regime do padroado régio, segundo o qual os padres eram pagos pelo Estado, o que os equiparava a funcionários públicos, colocando-os sob as determinações do Imperador.
    (32) o poder executivo era exercido pelo Imperador e por um ministério por ele escolhido e presidido.

    Soma: 58 (02 + 08 + 16 + 32)

    5. Com base na leitura e interpretação de trechos das Constituições de 1824 e 1988, responda:
    a. Quais as principais diferenças que você pôde perceber entre a Constituição de 1824 e a de 1988?
    b. Escolha um trecho da nossa atual Constituição e crie um pequeno texto crítico demonstrando e justificando uma incoerência com a realidade de nosso país.

    Professor, se você tiver alguma sugestão, ou se a atividade o ajudou, deixe comentários na postagem.
    Alunos, qualquer dúvida ou sugestão, deixe também seu comentário.

    É isso!
    Um abraço!



    *****Postagem programada.

    5 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!

    Game - Feudalismo

    15:00 Junior Lopes 0 Comentários


    Feudalismo

    Game | História


    0 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!

    Super Lua

    09:00 Junior Lopes 0 Comentários


    Quem olhou para o céu logo após o pôr do sol no sábado, 05 de maio, provavelmente se encantou (como eu) com o brilho intenso da Lua. Não era para menos. Na madrugada do dia 05 para o dia 06 de maio, exatamente às 00h33 do dia 06, ocorreu o fenômeno conhecido como perigeu, quando nosso satélite natural atinge, em sua órbita, a máxima aproximação com o planeta Terra, ficando a 356.955 Km de distância. Juntamente com este fenômeno (às 00h35), ocorreu o início da 'Lua Cheia', quando a Lua ficou com 100% do seu disco iluminado. Esses dois fenômenos em conjunto permitiram a Super Lua, uma visão extraordinária do nosso satélite.
    Se você perdeu, não fique triste, com tempo bom ainda será possível observar um belo nascer da Lua por mais alguns dias da semana.

    Confira 50 fotos da Super Lua pelo mundo no site do Terra Notícias.

    Veja fotos da Super Lua no blog Física na Veia!



    -----
    Fonte:
    climatempo.com.br
    Imagem:
    Wikimedia Commons


    *****Postagem programada

    0 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!

    Como foram feitas as maquetes do 7º ano sobre os feudos

    14:00 Junior Lopes 2 Comentários



    maquete feudalismo



    Muitos e-mails chegaram perguntando como foram feitas as maquetes do 7º ano (clique aqui para ver a postagem). Na verdade o objetivo era deixar que os alunos desenvolvessem seus próprios projetos, sem interferência criativa do professor. Sendo assim, durante o primeiro bimestre vimos como se desenvolveu a, segundo a divisão clássica da História, Idade Média Ocidental. Neste contexto focamos o feudalismo e, claro, as relações sociais. Quando passamos a estudar os mansos senhorial, servil e comunal, a curiosidade dos alunos sobre esses territórios foi aguçada. Depois de passar informações aos alunos (na verdade eles poderiam ter feito essa pesquisa, mas é que tudo aconteceu muito rápido) sobre como eram os feudos, com base, principalmente em dois livros (A bolsa e a vida, Jacques Le Goff; A idade média, a cavalaria e as cruzadas, Ivan Lins - este último é bem velhinho) e em um texto mais acessível aos alunos, do site da Editora Abril, Mundo Estranho, passamos a pesquisar imagens de feudos e outras maquetes na internet. A partir daí, foi solicitado, em um primeiro momento, que os alunos trouxessem materiais recicláveis para a confecção das maquetes (papelão, papel picotado, caixas de remédio, de creme dental, de perfumes, de sapatos, de camisas, etc). Usamos duas aulas para que as ideias começassem a fluir, sempre deixando que os alunos analisassem qual seria a melhor maneira de confeccionar as maquetes, depois eles terminaram de fazer em casa. O resultado foi muito satisfatório, como vocês podem conferir nas fotos.
    ****Postagem programada

    2 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!

    Atividade online. Finalização.

    16:45 Junior Lopes 2 Comentários

    Para os alunos do CCS.

    Chegamos ao fim das votações. A pergunta era se vocês queriam uma atividade diferente para o 2º bimestre, neste caso, seria uma atividade online. Era necessário que ao menos 60% da sala votasse pelo sim. O resultado foi que apenas uma sala, o 7º ano, escolheu a atividade online. Veja o resultado da votação por sala:


    • 7º Ano - 63%
    • 3º Ano - 59%
    • 6º Ano - 54%
    • 9º Ano - 53%
    • 8º Ano - 39%
    • 2º Ano - 39%
    • 1º Ano - 38%


    Agora é só aguardar e descobrir como será a atividade.

    Um abraço e bom final de feriado!

    2 comentários:

    Obrigado pelo seu comentário, ele estará visível assim que for aprovado.

    Comentários anônimos podem ser publicados, porém não serão respondidos. Então, se quiser uma resposta, identifique-se. Ok?

    Mais uma coisa, dependendo da correria do dia a dia, pode ser que eu demore um pouquinho para responder, mas pode ficar tranquilo que, cedo ou tarde, responderei.

    Um abraço do professor Júnior!